PUBLICIDADE
Notícias

Anac: definição sobre slots de Congonhas sai em 15 dias

18:50 | 06/08/2014
A análise da capacidade do aeroporto de Congonhas para receber novos slots deverá ser concluída em cerca de 15 dias, quando será apresentada a proposta de redistribuição dos horários de pouso e decolagem no terminal. A avaliação é do diretor presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Marcelo Guaranys. De acordo com ele, a reguladora aguarda apenas a definição dos órgãos técnicos sobre a capacidade do terminal para atender aos novos slots.

"Aguardamos somente a definição técnica sobre a capacidade, por parte do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) e também do aeroporto, pela Infraero, para ver como ele suporta os novos slots. Fechando a capacidade, em 15 dias ou nas próximas semanas teremos a definição", afirmou Guaranys após participar do seminário Aviação Em Debate, promovido pela Associação Brasileira de Empresas Aéreas (Abear).

As regras para ocupação dos slots foi alterada em julho pelo governo para atender a reivindicações de empresas aéreas que operam com poucos horários no terminal, como Avianca (7,26% dos horários) e Azul (0,32%). O novo modelo foi definido de modo a beneficiar as companhias, chamadas 'entrantes', que receberão os novos horários a serem criados a partir da capacidade realocada da aviação executiva.

Atualmente, quando os slots são liberados há um sorteio entre as empresas que atuam no terminal. A partir do novo modelo, empresas entrantes serão priorizadas. Em março, está previsto uma nova rodada de redistribuição dos slots já existentes, a partir de novos critérios. As empresas serão avaliadas pela Anac a partir de métricas de pontualidade, assiduidade e investimentos nas companhias.

TAGS