PUBLICIDADE
Notícias

Abraciclo apura produção 18,2% maior de motos em julho

11:40 | 08/08/2014
A produção de motocicletas somou 135.504 unidades no mês de julho, alta de 74,2% em relação às 77.788 motos fabricadas em junho e de 18,2% ante igual período de 2013, quando foram produzidos 114.673 veículos, informou a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), nesta sexta-feira, 08. As fortes altas ocorreram porque as montadoras anteciparam, devido à Copa do Mundo, para junho deste ano as férias coletivas normalmente concedidas em julho.

No acumulado dos sete primeiros meses de 2014, a produção de motocicletas atingiu 905.117 unidades. O volume representa uma baixa de 5,2% sobre as 954.618 motos fabricadas entre janeiro e julho de 2013.

As vendas no atacado, das indústrias às concessionárias, de 113.024 unidades em julho, correspondem a uma alta de 6,7% em relação ao mesmo mês de 2013, quando foram vendidas 105.964 motos. Na comparação com junho, com 80.223 unidades vendidas no atacado, houve aumento de 40,9%, também sob o impacto das férias coletivas. Nos sete primeiros meses de 2014, as vendas às concessionárias recuaram 10% ante igual período de 2013, de 882.478 para 838.630 unidades.

Licenciamentos

Os licenciamentos de julho cresceram 16,5% ante junho, de 103.867 para 121.012 motos emplacadas. Sobre julho de 2013, quando foram vendidas 134.193, as vendas caíram 9,8% no varejo. A média diária de vendas no mês passado ficou em 5.261 unidades, leve aumento de 1,3% ante as 5.193 unidades diárias vendidas em junho. Sobre julho de 2013, quando as vendas diárias foram de 5.834 veículos, houve um recuo de 9,8% segundo a Abraciclo.

"Já contávamos com uma retração da demanda no período da Copa, mas esperávamos a retomada do ritmo de vendas a partir da segunda quinzena de julho, o que não se concretizou. O baixo volume diário de vendas reflete a dificuldade na obtenção de crédito e, de certa forma, o comportamento cauteloso do consumidor diante do cenário macroeconômico", informou o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian. No acumulado do ano, foram emplacadas 838.630 motocicletas, ante 882.478 unidades de igual período de 2013, uma retração de 5%.

Já as exportações aumentaram 55,4% entre junho e julho, para 7.519 unidades, mas recuaram 21,4% no mês passado em comparação a julho de 2013, quando as vendas externas atingiram 9.566 unidades. No acumulado entre os sete primeiros meses de 2013 e 2014, as vendas externas caíram 2,5%, para 52.998 motocicletas.

TAGS