PUBLICIDADE
Notícias

Grupo 'Educação' puxou a desaceleração do IPC-S

09:00 | 01/07/2014
O grupo Educação, Leitura e Recreação, que recuou de 0,58% na terceira leitura de junho para 0,36% na última quadrissemana do mês, foi o que mais contribuiu para a redução do Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) de junho, divulgado nesta terça-feira (1) pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). O indicador geral recuou 0,01 ponto porcentual, de 0,34% para 0,33% entre os dois períodos.

O item salas de espetáculo, cuja taxa passou de 0,95% para -0,50%, foi o que teve a maior influência de baixa dentro do grupo Educação, Leitura e Recreação, de uma semana para outra.

Nas outras duas classes de despesas que registraram queda, os destaques partiram dos itens jogo lotérico (5,72% para 2,90%) e tarifa de ônibus urbano (0,02% para -0,22%), dentro dos grupos Despesas Diversas (0,84% para 0,56%) e Transportes (0,12% para 0,11%), respectivamente.

Dentre as quatro classes de despesas que registraram acréscimo em suas taxas de variação, a FGV destacou os itens aluguel residencial (0,55% para 0,63%), refeições em bares e restaurantes (0,79% para 0,96%), tarifa de telefone móvel (0,36% para 0,56%) e artigos de higiene e cuidado pessoal (0,91% para 1,26%).

No grupo Vestuário, repetiu a taxa de variação (0,75%), as principais influências vieram dos itens roupas infantis (0,48% para 0,94%) e roupas femininas (0,95% para 0,59%)

TAGS