PUBLICIDADE
Notícias

Estímulos do BCE aumentam riscos, admite Weidmann

00:30 | 10/06/2014
Jens Weidmann, integrante do Conselho Diretor do Banco Central Europeu (BCE), defendeu a decisão da autoridade monetária por ampliar os estímulos, mas admitiu que o BCE está assumindo alguns grandes riscos, segundo entrevista publicada pelo jornal alemão Börsen-Zeitung.

Weidmann, que também é presidente do Bundesbank, o Banco Central da Alemanha, citou entre os riscos movimentos exagerados nos mercados financeiro e imobiliário. Ele também alertou para o perigo de surpresas negativas nos movimentos dos preços.

O membro do BCE lembrou que as medidas anunciadas pelo BCE servem como um despertador para os políticos, que precisam assumir a responsabilidade pelas reformas necessárias. "A política monetária já fez sua contribuição", disse ao jornal.

Na quinta-feira, o BCE cortou as taxas de refinanciamento e de depósitos. O banco também introduziu linhas de empréstimos baratos para os bancos da zona do euro. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS