PUBLICIDADE
Notícias

Japão amplia mercado de dívida de investidor individual

00:20 | 13/05/2014
O Japão permitirá que investidores pessoa física comprem bônus atrelados à inflação a partir do próximo ano, de modo a responder à crescente demanda por proteção contra a alta dos preços, informou o governo. O Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) tem implantado agressivos estímulos monetários e reintroduziu a meta de inflação.

Há uma crescente preocupação de que os investidores institucionais domésticos não conseguirão sozinhos carregar a enorme dívida do Japão, que está entre as mais altas dos países industrializados.

O Ministério de Finanças disse que os investidores individuais poderão negociar bônus com vencimentos previstos para 2016 ou além desta data. As emissões de bônus atrelados à inflação foram retomadas no ano passado após um hiato de cinco anos. A expectativa é de que tais bônus somem 3,6 trilhões de ienes no ano fiscal que se encerra em março de 2015. Atualmente, as pessoas físicas possuem 2,2% dos bônus do governo, que totalizam 774 trilhões de ienes. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS