PUBLICIDADE
Notícias

Petrobras afirma que não foi notificada sobre ação

18:45 | 02/04/2014
A Petrobras informou no final da tarde desta quarta-feira, 2, que ainda não foi citada na ação que corre na 24ª Vara Civil da Justiça Federal de São Paulo e determinou que a estatal justifique em cinco dias os critérios que utiliza para a formação do preço de venda dos combustíveis no País. A ação cautelar foi proposta pelo deputado estadual Fernando Capez (PSDB-SP), em 27 de março, sob o argumento de que "dessa precificação decorre a lesividade ao patrimônio da companhia e da própria União Federal". "A Petrobras informa que ainda não foi notificada da ação em questão", disse a estatal, por meio de nota enviada em resposta ao questionamento feito hoje pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado.

TAGS