PUBLICIDADE
Notícias

Número de inativos cresce 3,9% no 1º trimestre, diz IBGE

13:20 | 17/04/2014
O número de inativos aumentou 3,9% no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2013, o que explica a queda na taxa de desemprego no período (de 5,6% para 5,0%), informou nesta quinta-feira, 17, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A população ocupada permaneceu estável no primeiro trimestre ante o mesmo período do ano anterior, o que indica que não houve geração de vagas. Já a população desocupada recuou 10,8%, apontando para uma migração de trabalhadores para a inatividade.

A elevação na população de inativos pode ser explicada pelo aumento na renda, que permite que membros da família deixem de trabalhar, e pela busca de instrução, aponta Cimar Azeredo, coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE. "Quem aumentou mais entre os inativos foi a população de 50 anos ou mais, não foi nem a população mais jovem", comenta. Na população inativa, 46,4% tinham 50 anos ou mais em março deste ano. No mesmo mês do ano anterior, essa fatia de idade correspondia a 44,1% dos inativos.

Já a proporção de inativos que estava fora do mercado de trabalho porque não queria trabalhar aumentou de 89,0% em março de 2013 para 90,3% em março de 2014.

TAGS