PUBLICIDADE
Notícias

Membro do BC dos EUA defende juros baixos

23:40 | 09/04/2014
O presidente do Federal Reserve de Chicago, Charles Evans, reforçou que a inflação baixa é uma preocupação séria e que o banco central deveria manter as taxas de juros baixas por um longo período para responder a essa questão.

Em comentário a repórteres após um discurso, Evans, que não tem poder de voto nas decisões do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) deste ano, disse que a atual acomodação na política monetária deve continuar para alcançar os objetivos pretendidos. "Não estou muito certo sobre porque nós iríamos querer elevar as taxas de juros com uma taxa de inflação de 1%, independentemente da taxa de desemprego", disse.

O presidente do Fed de Chicago disse que provavelmente a alta nas taxas de juros será anunciada no fim de 2015, mas declarou preferir que isso ocorresse em 2016, "somente porque eu acho que nós precisamos de mais acomodação".

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês), utilizado pelo Fed como referência para a inflação, subiu 0,9% em fevereiro na comparação com o mesmo período do ano anterior. A meta do Fed é de uma inflação de 2%. Para Evans, superar ligeiramente essa meta é "completamente razoável". Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS