PUBLICIDADE
Notícias

Edemir ressalta presença do Reino Unido na BM&FBovespa

11:20 | 09/04/2014
O presidente da BM&FBovespa, Edemir Pinto, destacou o relacionamento histórico do Brasil com o Reino Unido durante cerimônia que marcou a visita do ministro das Finanças do Reino Unido, George Osborne, à sede da bolsa de valores em São Paulo. "Temos uma relação histórica com o Reino Unido e desde a abertura de nosso escritório em Londres, em 2009, o volume de negócios na bolsa cresceu 180%", disse.

Edemir frisou que os investidores do Reino Unido são responsáveis por 15% do total de negócios realizados na bolsa paulista e 2% dos negócios com derivativos. O presidente da Bolsa acrescentou que os estrangeiros têm uma participação no volume diário de 56%, dos quais metade são europeus.

A BM&FBovespa tem giro diário de negócios com ações de R$ 6,6 bilhões no acumulado de 2014. A BM&Bovespa não tem estatística sobre o volume diário de derivativos. Em março, foram negociados 46 milhões de contratos de derivativos.

Edemir afirmou que a BM&FBovespa decidiu abrir um escritório em Londres na esteira da crise financeira norte-americana, porque entendeu que se tratava de um momento de olhar para a Europa. Segundo ele, desde então houve aproximação com a Bolsa de Londres e a expectativa com a visita do ministro britânico à bolsa paulista é de que haja aprofundamento das relações.

TAGS