PUBLICIDADE
Notícias

Confiança do empresário industrial na economia atinge menor valor em cinco anos

De acordo com a CNI, falta de confiança desestimula o investimento

12:33 | 15/04/2014

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) recuou 3,3 pontos em abril, na relação com o mês passado, e ainda caiu 6,2 pontos em relação ao mesmo mês de 2013. Atingindo 49,2 pontos, abaixo da linha divisória dos 50 pontos, o índice registrou seu menor valor em cinco anos. Informou a Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta terça-feira, 15.

 "A falta de confiança desestimula o investimento e sinaliza que a indústria permanecerá com dificuldades para reencontrar o caminho de uma recuperação sustentada", destaca a pesquisa da CNI.

 Variando de 0 a 100 pontos, o índice acima de 50 indica que os empresários estão confiantes na economia.

 O índice de confiança de 23 dos 27 setores da indústria de transformação está abaixo da linha divisória dos 50 pontos e seis deles, registrando índices inferiores a 45 pontos. São eles: veículos automotores, outros equipamentos de transporte, como aviões, navios e trens, máquinas e materiais elétricos, couros e artefatos, madeira e borracha.

 Apesar do recuo na confiança dos empresários industriais nas condições atuais da economia e da própria empresa, suas expectativas para os próximos seis meses, segundo a CNI, são otimistas, com 53,3 pontos.

 ICEI por porte de empresas:
Pequenas empresas (48,7 pontos)
Médias empresas (48,6 pontos)
Grandes empresas (49,8 pontos)

 Indice de confiança por segmento industrial:
Indústria da construção (50,9 pontos)
Indústria de transformação (48,2 pontos)

Pesquisa<br>O estudo do ICEI foi realizado entre 1º e 10 de abril com 2.346 empresas de todo o País, das quais 889 são de pequeno porte, 901 médias e 556 grandes.

 SERVIÇO

Acesse pesquisa completa no site da CNI

Redação O POVO Online

TAGS