PUBLICIDADE
Notícias

Caged: construção civil fecha 2.231 postos em março

16:20 | 17/04/2014
A construção civil registrou o terceiro pior saldo entre os segmentos que mais demitiram em março, segundo o dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quinta-feira, 17. A construção demitiu 2.231 trabalhadores no mês, com base na diferença entre contratações e admissões. O setor ficou atrás apenas do comércio (saldo de 26.251 demissões) e agricultura (5.314 cortes).

Agricultura

Os problemas climáticos verificados em algumas regiões do País, especialmente a seca na região Sul, foram responsáveis por impactar também a geração de empregos do agronegócio brasileiro em março. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quinta, foram demitidos 5.314 trabalhadores do setor no terceiro mês deste ano.

As demissões também refletem o fim da safra, de acordo com o ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias. "Estamos vivendo o período entre safras, com o Brasil batendo recordes de produção", comentou. "O Nordeste tem ainda hoje regiões que vivem sob a seca e, no Norte, as chuvas. Mas o maior número de pessoas desempregadas foi pelo fim da safra", afirmou.

TAGS