PUBLICIDADE
Notícias

BG diz que dobrará produção de petróleo com o pré-sal

13:10 | 09/04/2014
O desenvolvimento dos campos de petróleo no pré-sal brasileiro fará a produção global da companhia britânica BG "praticamente duplicar", disse o presidente da empresa no Brasil, Nelson Silva. A BG é sócia da Petrobras no Campo de Lula, originalmente denominado Tupi, na Bacia de Santos, o primeiro a ser encontrado no pré-sal.

"Hoje, o Brasil representa 10% da produção da BG e em 2015 representará 20%. Vamos atingir de 40% a 50% em 2020", disse Santos, durante uma mesa-redonda no IX Fórum Ibef de Óleo e Gás, promovido nesta quarta-feira, 9, pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (Ibef) no Rio.

Segundo o executivo, a produção global atual da BG é de 630 mil barris por dia. Até 2020, somente a parte da BG nos campos dos quais é sócia no Brasil deverá ficar em 500 mil barris/dia. Silva lembrou que a BG investiu US$ 7 bilhões nos últimos 20 anos no Brasil e, nos próximos cinco anos, o plano é investir US$ 3 bilhões ao ano - ritmo no qual a empresa já trabalha neste ano.

TAGS