PUBLICIDADE
Notícias

Abvcap quer mais incentivo à indústria de private equity

13:00 | 14/04/2014
O novo presidente da Associação Brasileira de Private Equity & Venture Capital (Abvcap), Fernando Borges, afirmou, nesta segunda-feira, 14, que a indústria de private equity precisa de mais incentivos. Ele vê a necessidade de modificações na regulamentação do País para atrair investidores.

"Ainda há muito coisa a ser feita. Do ponto de vista de regulamentação, é preciso criar mais incentivos. Se hoje já é bastante atrativo para fundos grandes, para investimentos de seed capital e venture capital a indústria precisa de muito mais incentivos. E o private equity começa ali, na base, em investimento anjo".

Uma das frentes de atuação da associação hoje é a busca para que se ofereça uma tributação melhor para quem investe a médio e longo prazo. Os membros da associação têm ido a Brasília para conversar com políticos e propor mudanças.

O ex-presidente e atual vice-presidente da Abvcap, Clovis Meurer, deu como exemplo o caso de um investidor de venture capital "que fica cinco a dez anos investindo e tem a mesma tributação do que tem um investidor de Bolsa, que pode vender o papel". A intenção é mudar esse cenário.

Borges afirma que a indústria de private equity se desenvolveu bastante nos últimos anos, mas "ainda estamos no início do processo". "O potencial da indústria para os próximos dez anos é muito grande", disse, após participar do Congresso Abvcap-2014, no Rio. .

O presidente diz que só recentemente estão se vendo os grandes fundos fazendo grandes operações no País, o que ocorreu pela primeira vez. Ele cita como exemplo o Blackstone, que fez o primeiro negócio no Brasil.

TAGS