PUBLICIDADE
Notícias

Oi é campeã de reclamações no Decon em 2013

16:12 | 17/03/2014
22.224 atendimentos, com 6.854 reclamações abertas, foram registrados pelo Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon/CE), em 2013. O Programa do Ministério Público do Estado do Ceará apresentou os números do Cadastro de Reclamações Fundamentadas de 2013, em coletiva realizada nesta segunda-feira, 17.

Do total de reclamações, mais de 82% se referem a estabelecimentos comerciais. Os dados coletados mostram ainda que a faixa etária que mais registra reclamações no Decon é a das pessoas que têm entre 31 e 40 anos (25,28%); as mulheres foram responsáveis pela maioria das demandas, com 51,04%; e a área mais reclamada é a de produtos (44,29%), seguida pelo segmento de serviços essenciais (21,57%).

A telefonia celular figura em primeiro lugar no ranking dos principais assuntos (8,1%), seguida pelos produtos de informática (7,2%) e pelos cartões de crédito (6,8%). Dentre os maiores problemas citados estão: cobranças (34,35%), vício ou má qualidade de produto ou serviço (20%) e problemas com garantia (16,04%).

No ranking dos 30 fornecedores mais reclamados, a empresa de telefonia Oi teve o maior número de reclamações, com 475 denúncias, seguida pela Cagece (187); Sky (151); Rabelo Som e Imagem (151); grupo Claro/Embratel (132); grupo Insinuante/Ricardo Eletro/Eletro Shopping (105). Foi divulgado também a lista das 10 empresas que menos atenderam às reclamações. São elas: Ibyte (1º), Banco Votorantim/BV Financeira (2°), Panamericano (3º),
Tim/Intelig (4º), Magazine Luiza (5º), Sony Ericsson (6º), Electrolux (7º), Walmart (8º), Banco BMG (9º) e Itaú (10º).

As pessoas que se sentirem lesadas em suas relações de consumo devem procurar o Decon para formalizar as denúncias. Já para abrir um processo administrativo individual, é obrigatório o comparecimento à sede do Decon. Nesse caso, o consumidor deve apresentar RG, CPF, comprovante de residência e documentação que comprove o problema.

Serviço:
Decon
Endereço: rua Barão de Aratanha, 100, Centro
Horário: 8h às 14h
Telefone: 0800.275.8001 como serviço de tira-dúvidas, que funciona no mesmo horário.
Internet: é possível enviar perguntas e encaminhar denúncias para o setor de fiscalização do Decon através do link http://sindec.decon.ce.gov.br/sindecatendimentoweb/ .

TAGS