PUBLICIDADE
Notícias

BC vê risco de preço de energia e combustível à inflação

10:00 | 27/03/2014
No Relatório Trimestral de Inflação (RTI) divulgado nesta quinta-feira, 27, o Banco Central destacou que, apesar de o ministro da Fazenda, Guido Mantega, ter anunciado medidas de socorro para o setor elétrico, a fim de evitar o repasse de tarifas para os consumidores, incertezas relevantes vindas de eletricidade e gasolina, pesam sobre a inflação. Até então, a instituição não tinha dado destaque para esses preços.

"O Copom entende que uma fonte relevante de risco para a inflação reside no comportamento das expectativas de inflação, impactadas negativamente nos últimos meses pelo nível da inflação corrente, pela dispersão de aumentos de preços e pelas incertezas que cercam a trajetória de preços com grande visibilidade, como o da gasolina e os de alguns serviços públicos, como eletricidade", disse a autoridade monetária na página 77 do documento.

O RTI informou ainda que em função desses riscos o BC tem agido no sentido de fazer com que a "elevada variação dos índices de preços", observada nos últimos 12 meses, seja percebida pelos agentes como um processo de curta duração. Disse ainda que apesar de ter traçado um cenário pior para a inflação de 2014, comparado ao visto no RTI de dezembro, considera que a resposta da economia "segue em linha com o que se poderia antecipar". O BC ainda não tinha feito essa afirmação em sua comunicação.

TAGS