PUBLICIDADE
Notícias

Atividade econômica cresceu 0,4% em janeiro

Verão deste ano foi determinante para impulsionar a atividade econômica com o consumo de energia elétrica, bebidas, ventiladores, condicionadores de ar, entre outros

09:35 | 20/03/2014

O Indicador Serasa Experian de atividade econômica (PIB mensal) abriu o ano de 2014 em alta, crescendo 0,4% em janeiro frente ao último mês do ano passado. Na comparação com o mesmo mês de 2013, o ritmo de expansão da atividade econômica foi de 2,3%, o maior dos últimos quatro meses neste critério de comparação.


De acordo com os economistas da Serasa Experian, o verão deste ano impulsionou o consumo e produção de determinados bens (energia elétrica, bebidas, ventiladores, condicionadores de ar, etc.) e o processo de recomposição de estoques após as vendas de final de ano, impulsionaram a atividade econômica em janeiro.


Do ponto de vista da oferta agregada, o destaque de janeiro foi o setor industrial, apresentando alta de 2,5%. O setor se recompôs parcialmente das quedas observadas nos dois meses imediatamente anteriores: -0,5% em novembro e -3,3% em dezembro. Ainda em janeiro de 2014 houve contribuições positivas do setor de serviços (%2b0,6%) e da agropecuária (%2b0,2%).


Já quando se fala em demanda agregada, segundo a pesquisa, “a expansão da atividade econômica deveu-se única e exclusivamente ao mercado doméstico, uma vez que os componentes do setor externo (importações e exportações) afetaram negativamente o desempenho da economia no primeiro mês do ano”.

 

Ainda de acordo com o instituto, “as exportações caíram 2,7% em janeiro e as importações (que entram com sinal negativo no cômputo do PIB) avançaram 4,8%”. Assim, relativamente aos componentes domésticos do crescimento, janeiro observou altas de 2% nos investimentos, 1,8% no consumo do governo e de 0,4% no consumo das famílias.

Redação O POVO Online

TAGS