PUBLICIDADE
Notícias

181 municípios aderem ao programa Garantia-Safra

Fortaleza, Eusébio e Guaramiranga ficam de fora do cadastramento

13:42 | 05/03/2014
NULL
NULL

Os municípios cearenses com características rurais aderiram ao Garantia-Safra, programa que visa ajudar agricultores familiares. A informação é da Secretaria do Desenvolvimento Agrário do Ceará (SDA), que acompanhou o cadastramento dos agricultores e dos municípios.

Ainda de acordo com a SDA, Fortaleza e Eusébio ficaram de fora do cadastramento por não possuirem características rurais. Já Guaramiranga não atingiu o número mínimo de adesões de agricultores. Ao todo, foram 181 municípios do Estado que aderiram ao programa do Governo Federal.

Caso seja confirmado mais um ano de estiagem, o programa vai disponibilizar R$ 295,219 milhões aos agricultores familiares. Segundo a secretaria, o Ceará é o estado que apresenta o maior número de agricultores cadastrados no benefício em todo o País desde 2012.

Garantia Safra

O programa foi criado pelo Governo Federal com o objetivo de ajudar agricultores familiares. Caso o agricultor tenha perda igual ou superior a 50% da produção, por causa da seca ou excesso de chuvas, ele será beneficiado com uma renda mínima, que na safra 2012/2013 era de R$ 760 divididos mensalmente em cinco parcelas, com a primeira de R$ 140 e as demais de R$ 155. Para o Garantia Safra 2013/2014, o valor do benefício será de R$ 850.

Os recursos do Garantia Safra são oriundos do Governo Federal, do Estado, do Município e do agricultor familiar. O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) autorizou o pagamento de benefícios a agricultores de 74 municípios da região Nordeste que aderiram ao Garantia Safra.

Redação O POVO Online

TAGS