PUBLICIDADE
Notícias

LCA piora projeção para Ibovespa em 2014

08:00 | 13/02/2014
Diante da alta das taxas de juros dos papéis soberanos do Brasil, que não tem sido mais acentuada que o de outros países emergentes, a LCA Consultores atualizou a projeção para o Ibovespa ao final deste ano, passando de 51,1 mil pontos antes para 50,2 mil pontos agora. Para a consultoria, a reação do mercado acionário doméstico à piora dos retornos dos bônus brasileiros de 10 anos tem sido potencializada, à medida que os investidores digerem com dificuldade a deterioração do relacionamento entre governo federal e o setor privado.

"O interesse pelo assunto está especialmente alto, agora, quando o Ibovespa amarga um péssimo desempenho", afirma a LCA, em relatório. A consultoria explica que o modelo inclui também a estimativa para o Produto Interno Bruto (PIB) futuro - uma proxy dos dividendos projetados para os anos à frente.

"Mesmo considerando as limitações desse tipo de exercício, parece seguro afirmar que o Ibovespa e os preços que o compõem estão embutindo hoje uma combinação de taxas de desconto altas demais ou projeções pessimistas demais para o crescimento dos dividendos, de forma que, mesmo sob as hipóteses pouco róseas para as variáveis macroeconômicas, projetamos alguma alta dos preços até o fim do ano", observa.

Segundo a consultoria, uma recuperação mais expressiva do Ibovespa fica apenas para 2016, com alta de 16,6%, aos 62,7 mil pontos. Em 2015, a expectativa passou de 57,3 mil pontos para 53,8 mil pontos.

TAGS