PUBLICIDADE
Notícias

Tesouro antecipa liberação de R$ 15 bi para BNDES

09:14 | 01/01/2013
Num verdadeiro vaivém de transferência de recursos, o Tesouro Nacional liberou nesta segunda-feira mais um empréstimo de R$ 15 bilhões ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). É a última parcela da linha de R$ 45 bilhões de financiamento aberta em 2012 para o banco de fomento aumentar a oferta do crédito voltado para novos investimentos.

Com mais esses recursos, subiu para R$ 285 bilhões o volume de empréstimos concedidos ao BNDES pelo Tesouro desde a crise financeira de 2009, manobra criticada por alguns economistas. O repasse dessa última parcela estava previsto para ocorrer só em 2013, mas acabou sendo antecipado para ajudar o governo. Na prática, os recursos liberados deram folga financeira para o BNDES antecipar o pagamento de dividendos à União em dezembro.

O pagamento maior de dividendos, por seu lado, ajuda a reforçar o caixa do governo e engorda a economia que precisa ser feita para o pagamento de juros da dívida pública - o superávit primário. A operação envolvendo o BNDES faz parte de uma engenharia financeira montada pelo Ministério da Fazenda para garantir o cumprimento da meta fiscal de 2012, fixada em R$ 139,8 bilhões.

Na prática, parte do dinheiro dos empréstimos do Tesouro Nacional ao BNDES acaba retornando para os cofres da União na forma de dividendos. Procurado pela Estado, o Ministério da Fazenda não quis revelar o montante de dividendos repassados em dezembro pelo banco de fomento. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

TAGS