PUBLICIDADE
Notícias

Mercado prevê mais inflação e menos crescimento em 2013

Previsão do mercado para o IPCA deste ano passou de 5,53% para 5,65%. Para o PIB de 2013, estimativa dos analistas recuou de 3,20% para 3,19%

08:00 | 21/01/2013
A previsão para inflação neste ano voltou a subir ao passo que a estimativa para o crescimento da economia também se elevou, de acordo com o relatório de mercado, boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira, 21, pelo Banco Central.

Para 2013, a previsão de crescimento do PIB dos analistas dos bancos recuou de 3,20% para 3,19%. Foi a terceira semana seguida que este indicador tem queda. Já expectativa dos economistas dos bancos para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2013 subiu de 5,53% para 5,65%. Foi a terceira elevação consecutiva deste indicador. Para 2014, a estimativa do mercado para a inflação permaneceu inalterada em 5,50%.

Pelo sistema de metas que vigora no Brasil, o Banco Central tem como meta uma inflação de 4,5% para 2013 e 2014, com um intervalo de tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo. Deste modo, o IPCA pode ficar entre 2,5% e 6,5% sem que a meta seja formalmente descumprida.

Juros

Após a manutenção dos juros na semana passada pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do BC em 7,25% ao ano, o mercado financeiro segue acreditando que a taxa permanecerá neste patamar, pelo menos, até o fim de 2013. Para o fechamento de 2014, a previsão do mercado para a taxa básica de juros foi mantida inalterada em 8,25% ao ano.

A projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2013 subiu de R$ 2,07 para R$ 2,08 por dólar. Para o fechamento de 2014, a estimativa dos analistas dos bancos para o dólar avançou de R$ 2,05 para R$ 2,09.

Redação O POVO Online

TAGS