Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Volkswagen vai parar de fazer salsicha após 48 anos e você não sabia disso

Produzida pela fabricante de automóveis desde 1973, a salsicha Currywurst da Volkswagen será substituída por cardápio saudável que inclui hambúrguer de berinjela e jaca
23:31 | Ago. 19, 2021
Autor Nadine Lima
Foto do autor
Nadine Lima Autor
Tipo Notícia

Para seguir um padrão de comidas vegetarianas e veganas, a Volkswagen vai encerrar sua produção de salsichas a partir desta sexta-feira, 20. Apesar de não ser conhecida pela mercadoria alimentícia, o produto é fabricado pela marca há 48 anos e era o prato principal do restaurante da fábrica, localizada em Wolfsburg, na Alemanha.

Entre os consumidores do restaurante, estavam os 60 mil colaboradores da empresa, os visitantes do museu da montadora e os clientes que iam buscar seus carros. O objetivo da nova política da Volkswagen é incentivar a alimentação saudável com produtos que não tenham nenhum vestígio de animal, como hambúrguer de berinjela e jaca.

No entanto, a decisão causou polêmica nas redes sociais e foi reprovada pelo alemão Gerhard Schröder, ex-chanceler e ex-membro do conselho da Volkswagen.

“A salsicha com batatas fritas é a barra energética do trabalhador da produção e deve continuar sendo. A comida vegetariana é boa, eu mesmo como de vez em quando, mas nunca podemos renunciar à linguiça de curry”, escreveu Schröder nas redes sociais.

A Volkswagen se pronunciou após a declaração de Schröder, afirmando que a fábrica possui 6,5 kms quadrados e 1,6 km quadrados de área útil. Logo, uma cantina não é suficiente para atender os inúmeros trabalhadores, o que faz com que o local possua 30 lanchonetes. Apenas a central irá se tornar vegetariana.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Lewandowski marca duas vezes, Bayern bate Dortmund e conquista Supercopa da Alemanha

Taça alemã
21:30 | Ago. 17, 2021
Autor Gazeta Esportiva
Foto do autor
Gazeta Esportiva Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Nesta terça-feira, 17, Bayern de Munique e Borussia Dortmund se enfrentaram pela Supercopa da Alemanha. Em dia de homenagens a Gerd Muller, lenda do futebol alemão que faleceu no último domingo, os bávaros levantaram a taça após vencerem por 3 a 1, com gols de Robert Lewandowski (duas vezes) e Thomas Muller. Marco Reus descontou para os aurinegros.

Ambas as equipes voltam a campo no final de semana pelo Campeonato Alemão. No sábado, o Dortmund visita o Freiburg, às 10h30 (de Brasília). Já o Bayern recebe o Colônia, no domingo, às 12h30 (de Brasília).

O jogo

Na etapa inicial, a primeira chegada com perigo foi dos bávaros, aos 14 minutos. Thomas Muller recebeu um ótimo passe dentro da área e finalizou, mas o zagueiro tirou com um carrinho. Aos 39, foi a vez do Borussia. Haaland aproveitou um cruzamento, dominou e chutou no canto esquerdo, mas Neuer realizou uma grande defesa.

Pouco depois, aos 41, Lewandowski abriu o placar o Bayern. Serge Gnabry cruzou e o polonês mandou de cabeça para o fundo das redes.

No segundo tempo, logo aos cinco minutos, o time de Julian Nagelsmann ampliou. Desta vez, Lewandowski deu a assistência para Thomas Muller apenas empurrar para as redes. Aos sete, Haaland mandou para o fundo do gol, mas o tento que diminuiria o placar foi anulado por impedimento.

Aos 19, os aurinegros conseguiram diminuir. Jude Bellingham ajeitou para Marco Reus, que mandou um grande chute da entrada da área, superando Manuel Neuer. Porém, aos 28, Akanji, zagueiro do Bourussia, errou a saída de bola ao ter o passe interceptado por Tolisso e a bola sobrou para Lewandowski fazer seu segundo gol no jogo, o terceiro dos bávaros.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Lewandowski marca e ajuda Bayern a conquistar Supercopa da Alemanha

Esportes
21:24 | Ago. 17, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O artilheiro polonês Robert Lewandowski marcou duas vezes na vitória de 3 a 1 do Bayern de Munique sobre o Borussia Dortmund, nesta terça-feira (17), na decisão da Supercopa da Alemanha, dando continuidade a uma excelente fase após marcar 41 gols na última temporada no Campeonato Alemão.

Morre Gerd Muller, lenda do futebol mundial e do Bayern de Munique

Futebol
00:30 | Ago. 16, 2021
Autor
Tipo Notícia

O dia amanheceu mais triste para os amantes do futebol arte. O ex-atacante alemão Gerd Muller, lenda da história do futebol mundial e do Bayern de Munique, morreu neste domingo, aos 75 anos. O clube bávaro onde o jogador fez história foi quem comunicou a notícia. O ídolo sofria de Alzheimer e há alguns anos já estava numa clínica de repouso, na qual passava praticamente o dia todo na cama.

"Hoje, o mundo do FC Bayern está parado. O campeão alemão e toda a sua torcida lamentam a morte de Gerd Muller, que morreu na manhã deste domingo aos 75 anos", postou o clube.

Considerado um dos maiores atacantes de todos os tempos, Muller marcou 566 gols em 607 jogos oficiais pelo Bayern de Munique e é o maior artilheiro da história do Campeonato Alemão, com 365 gols. Pelos incríveis números, foi eleito o melhor jogador da Liga Alemã por sete vezes.

"Sem Gerd Muller, o Bayern Munique não seria o clube que todos amamos hoje. O nome e a memória dele irão perdurar para sempre", completou o Bayern em comunicado.

 

“Hoje é um dia triste e sombrio para o Bayern e todos os seus fãs. Gerd Müller foi o maior atacante que já existiu e uma ótima pessoa e personagem do futebol mundial. Estamos todos unidos em um profundo luto por sua esposa Uschi e também por sua família. O Bayern não seria o clube que todos amamos hoje sem Gerd Müller. Seu nome e memória viverão para sempre”, afirmou o presidente do clube alemão, Herbert Hainer.

“A notícia da morte de Gerd Müller entristece profundamente a todos nós. Ele é uma das maiores lendas da história do Bayern, suas conquistas são incomparáveis até hoje e farão para sempre parte da grande história do Bayern e de todo o futebol alemão. Como jogador e como pessoa, Gerd Müller representa o Bayern e o seu desenvolvimento como um dos maiores clubes do mundo como nenhum outro. Gerd estará para sempre em nossos corações", ressaltou o ex-goleiro Oliver Kahn e atual diretor executivo do Bayern de Munique.

Nesta fotografia de arquivo tirada em 18 de junho de 1974, Gerd Mueller da Alemanha Ocidental marca um gol contra a Austrália durante a Copa do Mundo de 1974 em Hamburgo
Nesta fotografia de arquivo tirada em 18 de junho de 1974, Gerd Mueller da Alemanha Ocidental marca um gol contra a Austrália durante a Copa do Mundo de 1974 em Hamburgo (Foto: AFP)

Depois de ter começado a carreira no TSV 1861 Nördlingen, Muller passou 14 temporadas e meia no Bayern, terminando a carreira nos Estados Unidos, no Fort Lauderdale Strikers. No Bayern, ganhou três Liga dos Campeões da Europa, um Taça das Taças, um Intercontinental, quatro campeonatos e quatro Copas da Alemanha

O atacante ainda fez história pela seleção da Alemanha Ocidental Em 1970 ele foi o artilheiro da Copa do Mundo do México, com 10 gols em seis jogos e ganhou a Bola de Ouro. Conquistou a Eurocopa em 1972 e chegou à consagração máxima em 1974, derrubando a poderosa Holanda e erguendo a taça da Copa do Mundo Defendendo seu país, anotou 68 gols em 62 jogos, inclusive o decisivo daquele Mundial contra os holandeses, na vitória por 2 a 1.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Morre Gerd Muller, lenda do Bayern de Munique e da Seleção Alemã

Futebol
10:15 | Ago. 15, 2021
Autor Gazeta Esportiva
Foto do autor
Gazeta Esportiva Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Neste domingo, o Bayern de Munique comunicou, através de uma nota oficial, o falecimento de Gerd Muller, lenda do clube e da Seleção Alemã. O ex-jogador tinha 75 anos e a causa da morte não foi informada.

“Hoje é um dia triste e sombrio para o Bayern e todos os seus fãs. Gerd Müller foi o maior atacante que já existiu e uma ótima pessoa e personagem do futebol mundial. Estamos todos unidos em um profundo luto por sua esposa Uschi e também por sua família. O Bayern não seria o clube que todos amamos hoje sem Gerd Müller. Seu nome e memória viverão para sempre”, afirmou o presidente do clube alemão, Herbert Hainer.

“A notícia da morte de Gerd Müller entristece profundamente a todos nós. Ele é uma das maiores lendas da história do Bayern, suas conquistas são incomparáveis até hoje e farão para sempre parte da grande história do Bayern e de todo o futebol alemão. Como jogador e como pessoa, Gerd Müller representa o Bayern e o seu desenvolvimento como um dos maiores clubes do mundo como nenhum outro. Gerd estará para sempre em nossos corações", ressaltou o ex-goleiro Oliver Kahn e atual diretor executivo do Bayern de Munique.

Nesta fotografia de arquivo tirada em 18 de junho de 1974, Gerd Mueller da Alemanha Ocidental marca um gol contra a Austrália durante a Copa do Mundo de 1974 em Hamburgo
Nesta fotografia de arquivo tirada em 18 de junho de 1974, Gerd Mueller da Alemanha Ocidental marca um gol contra a Austrália durante a Copa do Mundo de 1974 em Hamburgo (Foto: AFP)

Pelos bávaros, entre 1964 e 1978, Gerd Muller disputou 607 partidas e marcou 566 gols, sendo o maior artilheiro da história do Campeonato Alemão, com 365 tentos. Conquistou três vezes a Liga dos Campeões e quatro taças da Bundesliga. Na Seleção Alemã, foram 68 gols em 62 jogos, sendo campeão da Eurocopa em 1972 e da Copa do Mundo em 1974.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Enfermeira alemã é acusada de aplicar mais de 8 mil doses falsas de vacinas contra Covid-19

COVID-19
19:02 | Ago. 11, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo

Uma enfermeira é suspeita de aplicar cerca de 8,6 mil doses falsas de vacina contra a Covid-19 em moradores no distrito de Friesland, na Alemanha. Segundo investigações da polícia, a profissional, que não teve o nome divulgado, seria supostamente antivacina e teria injetado solução salina nas pessoas.

O caso foi divulgado na última terça-feira, 10, após a Secretaria de Saúde do estado da Baixa Saxônia, onde Friesland está localizado, enviar um comunicado para as pessoas que tomaram a vacina entre os dias 5 de março e 20 de abril, solicitando o comparecimento às unidades de saúde para que, de fato, sejam imunizadas.

De acordo com o jornal alemão Deutsche Welle, mais de 2.000 habitantes já confirmaram ter recebido a convocação das autoridades locais. Embora a solução salina não seja perigosa, grande parte dos moradores prejudicados eram idosos com mais de 70 anos, considerados como grupo de risco.

Em entrevista coletiva, o policial Peter Beer, responsável pela investigação, disse que não ficou clara a intenção da profissional de saúde em trocar o conteúdo do imunizante, mas ressaltou que ela havia feita várias publicações nas redes sociais que demonstravam ceticismo com relação à vacina contra a Covid-19.

De acordo com a emissora de TV pública Norddeutscher Rundfunk, os advogados que defendem a enfermeira negam que tenha alguma motivação política. "A ocorrência em 21 de abril foi um 'incidente único'. Não houve outros dias em que a vacina não tenha sido administrada", disseram em comunicado.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags