PUBLICIDADE
Curiosidades
NOTÍCIA

Empresário vende picolé de coxinha e salva negócio durante pandemia

Com criatividade, empreendedor paulista reinventou sua antiga sorveteria. Novidade chamou a atenção nas redes sociais

Sâmya Mesquita
17:14 | 11/08/2020
A invenção começou a viralizar só em maio deste ano, quando o também professor de dança ficou impedido de dar aulas presenciais e precisou se reinventar. (Foto: Reprodução)
A invenção começou a viralizar só em maio deste ano, quando o também professor de dança ficou impedido de dar aulas presenciais e precisou se reinventar. (Foto: Reprodução)

Na cidade de Jaú, no interior do estado de São Paulo, o empresário Clayton Francisco Quintiliano teve uma ideia que o salvou da crise: ele criou o picolé de coxinha. Na verdade é uma coxinha em formato de picolé. A alternativa de renda extra que ele encontrou durante a pandemia de CovidCovid-19 acabou fazendo sucesso no Instagram, no Facebook e no YouTube.

Clayton era dono de uma sorveteria e começou a pensar em uma forma de equilibrar as vendas no inverno paulista, quando a procura por sorvete diminui. Ainda em 2017, ele pediu para sua mulher, Camilla Maróstica Rizzo Quintiliano, desenvolver a receita. A família inteira testou e aprovou. “Queria fazer coxinha, mas num formato que tivesse a ver com o conceito da loja”, afirma o empreendedor.

A invenção começou a viralizar só em maio deste ano, quando o também professor de dança ficou impedido de dar aulas presenciais, em seu estúdio de dança, e precisou se reinventar. “É muito difícil parar e fechar as portas”, disse. Foi aproveitando o isolamento social, provocado pela pandemia de Covid-19, que Clayton intensificou a produção. Passou a vender cada picolé por 4 reais e a bandeja congelada por 12. Os recheios são de frango, calabresa, presunto e queijo.

O sucesso foi tanto que o casal até pensa em expandir o negócio, com uma iniciativa de financiamento coletivo. O empreendedor divulgou a receita do seu picolé de coxinha.

Ingredientes

Massa
1 colher (sopa) de manteiga
150 ml de leite
300 ml de caldo de cozimento do frango
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
Sal a gosto

Recheio
1 peito de frango cozido e desfiado
Azeite a gosto
1 cebola pequena
2 dentes de alho
Cheiro verde e sal a gosto
Montagem
Óleo para fritar
10 palitos de picolé

Modo de preparo
Massa
Coloque os ingredientes na panela (exceto a farinha) e deixe em fogo médio, até levantar fervura. Acrescente a farinha e mexa bem até ficar homogênea e desgrudar da panela. Despeje a massa em superfície de mármore, espere esfriar um pouco e sove. Reserve.

Recheio
Refogue o frango em azeite com cebola, alho cheiro verde e sal. Reserve.

Montagem
Em volta de um palito de picolé, modele a massa, recheie e frite em óleo não muito quente.