PUBLICIDADE
Curiosidades
temperaturas de -10°C

Bebês finlandeses dormem no frio ao ar livre para ficarem mais saudáveis

A tradição é repassada de geração para geração

12:23 | 12/03/2018
(Foto: Reprodução/Bebelicious)
 Existe uma tradição em países nórdicos que pode ser considerada errada e até irresponsável por pessoas de outros lugares. Pais colocam os bebês para dormir durante o dia ao ar livre, mesmo com frio de graus negativos. A motivação para isso é que, de acordo com eles, o ar natural faz as crianças ficarem mais saudáveis, pegarem menos viroses e terem a imunidade mais forte. 

Seja no verão ou no inverno, os bebês podem ser vistos dormindo em seus carrinhos do lado de fora de cafeterias e padarias enquanto os pais estão do lado de dentro. Até creches mantêm essa tradição. Os finlandeses, por exemplo, acreditam que as crianças dormem melhor e por mais tempo ao ar livre. Além disso, pais afirmam que hábitos desse tipo beneficiam toda a família, já que todos aumentam o contato com a natureza. 

Segundo informações do portal News Now Finland, médicos indicam que as crianças podem ficar do lado de fora, mas só até temperaturas de -10°C. Frios mais intensos podem fazer mal aos bebês. Eles ressaltam também que é importante manter as crianças bem aquecidas, com sacos de dormir e casacos. Os dias deste inverno na Finlândia já chegaram a -27°C, e a sensação da temperatura pode ser bem menor devido aos ventos. 
 
(Reprodução/ Fatherly)
 
De onde surgiu a tradição?
Antigamente, as condições de moradia dos nórdicos não eram muito boas. Lugares mofados, com muita gente e sem circulação de ar eram comuns nas comunidades desses países. Isso culminou em uma epidemia de tuberculose no começo do século 20. Portanto, pais achavam melhor colocar os bebês para dormir do lado de fora, para pegar mais ar puro possível. Um livro de pedagogia chegou a ser publicado por David Thorsteinsson, em 1926, falando sobre os benefícios da prática.  
Redação O POVO Online