PUBLICIDADE
Notícias

Você consegue enxergar o que se esconde nesta ilusão de ótica?

No caso da imagem abaixo, é possível ver algo além de quadrados brancos e pretos? Uma dica: procure por feições humanas

11:14 | 09/05/2017
Ilusão de ótica com um plano xadrez e um rosto no fundo escondido
Ilusão de ótica com um plano xadrez e um rosto no fundo escondido

[FOTO1]Ilusões de ótica são fenômenos que enganam a nossa percepção, nos fazendo ver coisas que não existem ou alteram a realidade do que está ali naquela imagem. No caso da imagem acima, é possível ver algo além de quadrados brancos e pretos? Uma dica: procure por feições humanas.

 

Esta ilusão foi criada pelo professor do departamento de psicologia da Universidade Ritsumeikan de Kioto (Japão), Akiyoshi Kitaoka. Ele está há vários anos criando ilusões como essa que instigam a visão e percepção. Em seu Twitter ele mostra como essa ilusão foi criada e o segredo por trás. Trata-se de uma soma de duas imagens, o padrão xadrez com transparência 90% e a foto do professor com transparência 10%. A combinação dessas duas imagens gerou o efeito ilusório.

[VIDEO1]

 

José Antônio Aznar, professor de Percepção e Atenção Visual da Universidade de Barcelona e membro do Instituto de Neurociências, explicou ao jornal espanhol El País que "a imagem camuflada não é visível de perto, porque as altas frequências espaciais foram excluídas. Além disso, como o sistema magnocelular se especializou em detectar movimentos, se agitarmos a cabeça rapidamente de um lado para o outro, também podemos ver o rosto escondido".

 

O fenômeno acontece pela composição da retina humana, formada por dois subsistemas visuais: o parvocelular, no centro, que está especializado em frequências espaciais relacionadas com o detalhe e o magnocelular, que fica na periferia, processando as frequências relacionadas com o conjunto.

 

Além do Twitter do professor Akiyoshi Kitaoka, em que podem ser encontradas imagens como a que está abaixo, no site dele existe um grande acervo de diversos tipos de ilusões de ótica.

[FOTO2]

 

TAGS