PUBLICIDADE
Notícias

"Não vale um Cibazol", dita por Sergio Machado, é só uma das expressões nordestinas; conheça outras

O POVO Online conversou com Tarcísio Matos, pesquisador da cultura nordestina e colunista do Vida & Arte, que explicou o significado da expressão

19:50 | 24/05/2016
NULL
NULL

“E ele não vale um 'Cibazol'”, disse o fortalezense e ex-presidente da Transpetro Sergio Machado, em conversa com o ministro do Planejamento, o pernambucano Romero Jucá (PMDB-RR), sobre o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que foi gravada e divulgada (nesta semana) pela imprensa.

A expressão utilizada na conversa entre os nordestinos é bastante comum no Nordeste. “Ela reflete a irreverência e a ‘mulecagem’ da cultura do Nordeste”, disse Tarcísio Matos, pesquisador da cultura nordestina e colunista do Vida & Arte, em conversa com O POVO Online.

Segundo ele, o significado do “nordestinês” está relacionado à falta de importância que detinha o medicamento Cibazol, um medicamento popular de custo barato e de eficiência duvidosa. O pesquisador, que criou um dicionário de “cearensês” com mais de 10.000 palavras originárias do Ceará, não soube informar a época de nascimento da expressão.

“A expressão tem o mesmo significado de dizer que ‘uma pessoa não vale o que o gato enterra’ e ‘fulano não vale uma Cibalena’, ou seja, a pessoa não tem importância, não vale nada, não tem eficiência”, disse Tarcísio Matos.

[FOTO2]

O “nordestinês”

E você já ouviu falar no “nordestinês”, dicionário composto de palavras utilizadas pelas pessoas nascidas no Nordeste Brasileiro?

Se não, o paraibano Gilberto Albuquerque, por meio do blog Cultura Nordestina, preparou uma lista de expressões de A a Z com significados bem característicos do povo nordestino.

[FOTO3]

O post foi feito em 2007, mas as palavras não deixam de estar atuais.

Confira:

A
A MIGUÉ- À toa, relaxado, largado, sem interesse
A PULSO - À força. Contra a vontade
ABESTADO - Otário. Tolo
ABESTALHADO - Otário. Tolo
ABILOLADO – Doido
ABIROBADO - Maluco.
ABISCOITADO - Maluco, desorientado.
ABUFELAR - Agarrar pela gola, agredir.
ABULETADO - Pessoa que ocupou um espaço tomou conta do
"pedaço" (fulano aboletou-se na casa de sicrana e não sai mais);
ABUTICADO – Pessoa espantada, com os olhos vidrados
(abuticados).
ACOITE – Chicote.
ACUNHAR - Chegar junto.
ADULAR - Agradar, bajular. Fazer a vontade de alguém
AFEIÇOADO - Pessoa bem aparentada (bonita, arrumada);
AFOLOZADO – Folgado.
AGONIADO - Aflito, afobado, amargurado, angustiado, apressado,
indisposto.
AI DENTO - Resposta a qualquer provocação.
AJEGADO - Quem tem pênis grande.
ALDEOTA - e seguramente o maior bairro informal do País. Os
especuladores imobiliários passaram a chamar de Aldeota todo
bairro novo.
ALFININ - Espécie de rapadura.
ALPERCATA - Sandália de couro.
ALTEAR - Aumentar o volume do som. Subir algo.
ALUMIAR - Iluminar. Projetar luz sobre algo ou alguém.
AMANCEBADO - Amigado, aquele que vive maritalmente com outra.
AMARELO QUEIMADO - Cor laranja.
AMARRADO- Mesquinho.
AMOLEGAR - Apalpar ou apertar um corpo mole ou uma parte dele.
AMOSTRADO - Quem mostra que tem dinheiro ou poder.
ANDE TONHA! - Expressão popular que indica o ato sexual.
ANEL DE COURO – Ânus.
APERREAR - Encher o saco.
APETRECHADA - Dotada de beleza física.
APOIS - Expressão de concordância.
APOQUENTAR - Aborrecer, azucrinar, chatear.
APRAGATA – Alpercata.
APRUMADO - Arrumado, bem vestido, bonito, de bons modos.
APURRINHADO – Com raiva, puto.
ARENGA - Briga
ARIADO - Desnorteado
ARIAR A FIVELA - Dançar apertado, ralabucho.
ARRE EGUA! - Interjeição que pode significar qualquer coisa a
depender do tom de voz e da ocasião (alegria, irritação...).
ARRETADO – Bom, legal, perfeito.
ARRIBAR - Ir embora.
ARROCHADO – Valentão.
ARRUDIAR - Dar a volta.
ÁS DE COPAS - Ânus.

ASSUSTADO - Baile caseiro programado pelos jovens na casa de
um deles; tertúlia.
ATAIAR - Atalhar. Ir por um caminho mais curto
ATARENTADO - Aperriado, desnorteado, perdido.
AVALIE - Imagine.
AVEXADO - Apressado.
AZOGADO – Virado na peste, puto, agoniado, brabo.
AZUADO - Alguém desligado.
AZULAR – Dar o fora.

B
BABÃO – Puxa saco, xeleléu.
BACURIM – Porco novo.
BAE DE CUIA - No jogo de futebol, corresponde a lençol.
BAITINGA - Tratamento informal entre velhos amigos, no sentido
pejorativo o mesmo que BAITOLA, depende da entonação da voz.
BAITOLA - Homossexual. (A palavra tem origem na construção da primeira
estrada de ferro do Ceará. O chefe da obra era um engenheiro
inglês, "muito afetado", que repetia "atenção para a baitola" se
referindo a bitola (distância entre os trilhos).
BAIXA DA ÉGUA - Lugar distante.
BAIXAR O LOMBO Emagrecer.
BALAÇAR A TANAJURA - Dançar.
BALADEIRA – Estilingue.
BALAIO - Cesto feito de cipó ou palha, sem alça.
BALDEAR - Perturbar.
BALEADEIRA - Baladeira, atiradeira, bodoque, estilingue.
BAMBA - Cambaleante. Sem equilíbrio.
BANANA - Parte do boi conhecida no Sudeste do Brasil como
lagarto.
BANANA-PRATA - Banana-branca.
BANCA - Aula particular fora do curso regular. Reforço escolar
BANDA - Lado, parte lateral, pedaço.
BANGÜÊ - Caixa retangular com 4 cabos de madeira para transporte
de materiais de construção.
BANHO DE ASSEIO - Banho em que a pessoa lava apenas os
órgãos genitais.
BANHO SAPECADO - Banho rápido e incompleto.
BARNABÉ – Funcionário de prefeitura.
BARNEI - (bá) Pessoa nova no lugar.
BARRÃO - Porco novo usado como reprodutor.
BARREADO - Confuso, sem saber o que fazer ou o que dizer.
BASCULANTE - Vitrô.
BATATA-DO-REINO - Batata.
BATENTE - Obstáculo de madeira ou concreto construído no chão
para impedir que a água entre pela porta.
BATER A CAÇULETA - Morrer.
BATER FÔFO - Não cumprir um compromisso.
BATER SETE FREGUESIAS - Andar por vários lugares.
BATER UMA EM INTENÇÃO DE - Masturbar-se pensando
especificamente em alguém.
BATORÉ - Baixinho.
BEBER COM FARINHA - Ingerir bebida alcoólica demais.
BEBEU - (bébéu) Boneca de pano.
BEIÇO - Lábio
BEIJU - Biju. Guloseima feita com massa de mandioca. Há quatro
tipos: capeado (fino e seco), malcasado (mais consistente), molhado
e sarolho (seco, salgado e mais solto).
BEM-EMPREGADO - Bem-feito! Frase usada para dizer que o
castigo foi merecido.
BENÇA Pedido de benção.
BERADEIRO – Matuto, Tabaréu.
BEREU - Zona; baixo meretrício; cabaré.
BESTAR - Bobear.
BEXIGA - Coisa ruim.
BEXIGUENTO - Pessoa que não presta.
BEZERRO - Contração volunt&a

TAGS