PUBLICIDADE
Notícias

Estudante gasta R$ 300 reais na confecção de cauda de sereia

Adolescente de 16 anos é adepta do 'sereísmo' e dedica quatro horas por semana a atividades físicas na água

10:21 | 03/02/2016
NULL
NULL

Lina Oliveira, de 16 anos, é encatanda por sereias desde criança e decidiu se dedicar ao mundo encatado de Ariel e Miranda. Ela mora no Distrito Federal e pagou R$ 300 pela confecção de uma cauda.

Segundo Lina, seu primeiro contato uma imagem de sereia foi em filmes de desenhos animados. Com o tempo, ela passou a buscar filmes e séries relacionados ao assunto.

Na internet ela descobriu um estilo de vida relacionado às sereias com adeptos espalhados pelo mundo, chamado de sereísmo. No brasil as mais conhecidas adeptas são Selene, da Bahia, Mirella Ferraz, que já fez apresentação em aquário de São Paulo, Dharana Marun e Kunoichi, ambas do Rio de Janeiro.

 

Lina contou ao Portal G1 que o sereísmo é simplesmente "amar a sereias e trazê-las como parte da vida". É amar e proteger o mar, lagos e rios e animais. "É um estado de espirito".

Segundo ela, as pessoas com quem convivia não reagiram bem por falta de conhecimento. Mas afirma receber apoio e incentivo da família e amigos.

Lina planeja a confecção de uma nova cauda e investir R$ 690 em curso para passar mais tempo da água sem respirar.

 

Veja vídeo

[VIDEO1] 

Redação O POVO Online
TAGS