PUBLICIDADE
Notícias

Cachorros deixam donos mais felizes do que os gatos, diz estudo

Segundo um estudo conduzido pelo Mahattanville College, em Nova York, os donos de cachorros são mais felizes, conscientes e menos neuróticos do que os donos de gatos

16:04 | 03/02/2016
NULL
NULL

Os cientistas analisaram a relação de 263 pessoas com seus mascotes, o título da pesquisa em português seria algo como “Seu filhote é amoroso? Examinando o relacionamento entre bichos de estimação e bem-estar”.

O resultado indicou que não há uma diferença significativa nos níveis de felicidade, traços de personalidade e emoções positivas e negativas entre donos de bichos de estimação e pessoas que não têm animais em casa.

No entanto, os donos de animais estariam mais satisfeitos e as pessoas que têm cachorros marcaram notas mais altas em todos os quesitos de bem estar do que os entrevistados que possuem gatos.

[SAIBAMAIS3]Outra pesquisa transmitida em documentário chamado “Gatos X Cachorros”, na emissora britânica BBC, indicou que os cachorros amam mais os seus donos do que os outros animais.

“Temos grandes provas de que os cachorros amam mais os humanos”, assegura o neurocienta Paul Zak, que conduziu o levantamento. Outros estudos já mostraram que, quando os donos de cachorros interagem com eles, ambos liberam oxitocina, um hormônio ligado ao prazer.

Zak conferiu o índice de oxitocina em gatos e cachorros ao interagirem com seus donos. O cientista coletou amostras de salivas de dez felinos e dez caninos em duas ocasiões, dez minutos antes dos jogos e depois do fim das brincadeiras.

O nível do hormônio cresceu em média, 57,2% nos cachorros e apenas 12% nos gatos. “Isso mostra como os cachorros realmente se importam com seus donos. Também foi uma boa surpresa descobrir que os gatos produzem algum nível de oxitocina. Pelo menos sabemos que, em algum momento, eles ligam para os humanos”, conclui Zak.

Redação O POVO Online

TAGS