PUBLICIDADE
Notícias

Estudantes ativistas imitam gesto de Jogos Vorazes e são detidos

O gesto, uma saudação com três dedos levantados, foi entendido como uma maneira de descontentamento com o golpe militar no país

18:06 | 21/11/2014
NULL
NULL

A estréia do filme da série de “Jogos Vorazes", na Tailândia, virou caso de polícia nesta quinta-feira, 21, quando três estudantes imitaram um gesto usado como símbolo de rebelião no filme. O gesto foi entendido como uma maneira de descontentamento com o golpe militar ocorrido no país.

Na trama, a saudação com três dedos levantados significa um desafio ao poder vigente. O gesto foi usado como oposição ao governo militar tailandês.

Após relatar o comportamento dos estudantes, todas as exibições do filme Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1º foram canceladas por uma rede de cinemas de Bancoc, depois de informações que  os estudantes planejavam um protesto contra o golpe militar em frente a um de seus cinemas.

De acordo com os ativistas, a polícia pressionou a rede para cancelar o filme. Dos três detidos, dois eram estudantes ativistas, e o terceiro foi preso após fazer o gesto do lado de fora de um cinema de Bancoc. Um dos estudantes ativistas negou que o grupo estivesse planejando um protesto.

Para um dos ativistas, o filme é reflexo do que está acontecendo com o país. “Quando as pessoas são reprimidas por algum tempo, elas devem querer resistir e lutar por seus direitos”, disse Nachacha Kongudom,  21 , um dos detidos. Para o estudante ir ao cinema é um direito de qualque pessoas. "Estou aqui para lutar e proteger meus direitos".

Na última quarta-feira, 19, outros cinco jovens foram presos acusados de usarem o mesmo gesto durante um discurso do primeiro ministro do país Prayuth Chan-ocha, líder do golpe.  

Redação O POVO Online

TAGS