PUBLICIDADE
Notícias

Confira casos de aviões civis que foram alvos de militares

Caso as suspeitas sejam confirmadas, o vôo MH17 não seria o primeiro caso da aviação civil a ser abatido

20:54 | 17/07/2014
A queda do Boeing 777 da Malaysian Airline nesta quinta-feira, 17, no leste da Ucrânia deixou 298 pessoas mortas. A região em que o avião caiu tem sido cenário de conflitos entre militares ucranianos e militantes pró-Rússia, e por isso muitos países suspeitam que o avião tenha sido alvo de ataque.

[SAIBAMAIS7]Caso as suspeitas sejam confirmadas, o vôo MH17 não seria o primeiro caso da aviação civil a ser abatido. Veja lista com outros casos:

14 de junho de 1940
Avião finlandês é alvo bombardeiros soviéticos quando voava de Tallinn, na Estônia, para Helsinque, Finlândia. Nove pessoas morreram.

3 de março de 1942
Um DC3, que saíra de Bandung, nas Antilhas holandesas, com destino a Broome, na Austrália, é atacado por caças japoneses. Quatro passageiros morreram.

1 de junho de 1943
Um avião da British Overseas Airways Corporation parte de Lisboa com destino a Bristol e é atacado por caças alemães no golfo da Biscaia. 16 pessoas morreram.

23 de julho de 1954
Um DC4 que viaja de Bangkok para Hong Kong é derrubado por caças chineses.

27 de julho de 1955
Uma aeronave da companhia israelense El Al, que partira de Viena com destino a Tel Avivi não obedece às ordens para pousar e é abatido por dois caças búlgaros.  58 pessoas morreram.

21 de fevereiro de 1973
Um Boeing 727 da Libyan Airlines é abatido por caças israelitas após ignorar ordens para pousar. Dos 113 passageiros, apenas cinco sobreviveram.

20 de abril de 1978

O vôo 902 da Korean Airlines foi abatido após entrar no espaço aéreo da então União Soviética. Os pilotos conseguiram fazer um pouso de emergencia, mas o acidente provocou a morte de dois dos 107 passageiros.

3 de setembro de 1978
Um avião da Air Rodhesia que seguia viagem entre duas cidades do Zimbábue foi alvo de disparo de um míssil Strela 2. Os ataques foram feitos pelo Exército Revolucionário do Povo do Zimbábue.

12 de fevereiro de 1979
Usando o mesmo tipo de míssil, os rebeldes atacaram outro avião da Air Rhodesia.

1 de setembro de 1983

Um Boeing 747 da Korean Airlines com 269 passageiros, incluindo um congressista americano, foi atacado por caças soviéticos. Todos morreram.

24 de fevereiro de 1985
Um avião de pesquisa pertencente ao Instituto Alfred Wegener é abatido por rebeldes da Frente Polisário no Saara Ocidental.

6 de novembro de 1987
Um avião da Air Malawi é abatido enquanto sobrevoava o território da antiga colônia portuguesa, durante a guerra civil moçambicana.

3 de julho de 1988

Uma aeronave iraniana, que seguia com destino ao Dubai, foi abatida por um míssil lançado de um navio norte-americano. O ataque provocou a morte de 290 pessoas.

8 de dezembro de 1988
Um DC-7 de uma agência governamental americana foi abatido no Saara Ocidental por militantes da Frente Polisário.

Setembro de 1993
Em menos de um mês, três aviões de uma companhia da Geórgia são abatidos no país por mísseis e disparos de baterias antiaéreas.

4 de outubro de 2001
Um Tupolev-154 da companhia aérea russa Sibir, que voava de Tel Aviv para Novosibirsk, na Sibéria, explodiu sobre o Mar Negro após um disparo acidental de um míssil ucraniano. Setenta oito pessoas morreram.

22 de novembro de 2003

Um Airbus A300 de uma empresa de transporte aéreo é atingido por um míssil pouco tempo depois de decolar de Bagdá, no Iraque. Os pilotos conseguiram pousar em segurança em segurança.

23 de março de 2007

Um Ilyushin de uma companhia aérea bielorrussa foi atingido por um foguete minutos após decolar em Mogadíscio, capital da Somália. 11 pessoas morreram.

Redação O POVO Online

TAGS