PUBLICIDADE
Patrimônio histórico

Torre da Igreja do Céu desaba em Viçosa do Ceará

O prédio passou por reforma recente. Não há informações de feridos

10:44 | 31/03/2019
Antes e depois da torre
Antes e depois da torre(Foto: Via Whatsapp/O POVO)

A torre da Igreja do Céu, em Viçosa do Ceará, desabou na madrugada deste domingo, 31. A estrutura caiu dentro do prédio e danificou parte da cobertura do local. Não há informações de vítimas. 

De acordo com Esequiel Mesquita, professor de Engenharia Civil e coordenador do Laboratório de Reabilitação e Durabilidade das Estruturas, o prédio já dava sinais de instabilidades estruturais, apesar de reformas recentes. O entorno da igreja passou por intervenções onde foram construídos o Polo Turístico, Artesanal e Cultural Igreja do Céu além de áreas de lazer, estacionamento, restaurante e área de eventos.

"A principal hipótese é de que, durante o processo de urbanização, as movimentações de terra, tratores e escavadeira ocasionaran os primeiros danos na estrutura ainda no ano de 2016", disse. O engenheiro conta que no ano seguinte, no dia 27 de outubro, realizou uma visita técnica e um estudo para entender se os danos eram consequências das alvenarias frágeis ou por fatores externos. 

Em nota técnica divulgada neste domingo, o engenheiro relembra as condições o prédio antes da queda. "Evidenciou-se que a presença de fissuras em quase todas as fachadas da igreja, nas paredes e pisos internos. Estas fissuras por vezes se apresentavam com grandes dimensões (> 10 mm de abertura) e em alguns casos em posições quase simétricas em relação ao lado oposto", escreveu.

Queda da torre

"Descartamos ser fragilidade porque as paredes tinham capacidade de resistir até 60% a mais de carga, foi efetivamente a falta de cuidado. O relatório foi apresentado ao Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e ao bispo, que tomasse providências. Eles fizeram só uma reforma, não fizeram um reforço que havíamos indicado", apontou o engenheiro em entrevista ao O POVO Online neste domingo.

Ele ainda afastou a hipótese de que somente as chuvas tenham provocado o acidente. "Não foi por conta da chuva, a questão toda é que (a torre) estava fissurada. A chuva foi só um acelerador, mas a chuva não derrubou sozinha. Se a igreja estivesse bem mantida, isso não teria ocorrido", disse. 

Patrimônio histórico

Inaugurada em 14 de agosto de 1938 e dedicada à Nossa Senhora das Vitórias. A igreja foi batizada pelo bispo de Sobral Dom José Tupinambá da frota. Foi construída pelo Monsenhor José carneiro da Cunha, graças à ajuda e cooperação do povo viçosense. Além da estrutura da torre, sobre ela havia ainda a imagem de Jesus Cristo esculpida pelo italiano Agostinho Ódisio Baomés em 1939. 

O local de acesso a Igreja se faz por duas vias, ou seja, pelos degraus, que somam 334 ao todo, ao redor das margens das 15 estações da via sacra, representando o martírio de Jesus Cristo e também acessível pela estrada asfaltada às margens do cemitério municipal.

O POVO Online tentou contato com a Paróquia de Viçosa do Ceará e com a assessoria de comunicação da Arquidiocese de Fortaleza, mas as chamadas não foram atendidas.

Atualizada às 13h03min.

Mais informações em instantes

Igor Cavalcante