PUBLICIDADE
Ceará
Abuso de poder político e econômico

Prefeito e vice de Uruoca cassados por darem carona a eleitores

Sentença foi dada pela juíza da 25ª Zona Eleitoral, Cláudia Waleska Mattos Mascarenhas

12:07 | 14/02/2018
(Foto: Divulgação) Políticos usavam carro não declarado em prestação de contas durante as eleições de 2016

Acusados pelo Ministério Público Eleitoral do Ceará (MP-CE) de abuso de poder político e econômico nas eleições municipais de 2016, o prefeito do município de Uruoca, Francisco Kilsem Pessoa de Aquino (PDT), a vice-prefeita Maria das Graças Fernandes Moreira (PMB), tiveram o mandato cassado. Sentença foi dada pela juíza da 25ª Zona Eleitoral, Cláudia Waleska Mattos Mascarenhas, na última quinta-feira, 8. 

 
Os políticos usavam um carro para transportar pessoas que eram abordados para participar da inauguração do Comitê da Coligação Representada no distrito de Campanário, em Uruoca.  O veículo não era declarado em prestação de contas durante o ano eleitorial de 2016. 
 
Durante investigações do MP-CE, foi constatado que o automóvel pertencia ao marido da vice-prefeita, Manoel Fernandes Moreira Filho, conhecido como "Manoel Conrado". O mesmo carro também era usado pela empresa Campanágua para ir aos eventos de campanha. 
 
Redação O POVO Online