PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Pai e filho, que é investigado por fornecer armas para homicídios, são presos em Sobral

Homem ainda tentou avisar ao filho que a polícia estava na residência

16:49 | 01/08/2020
Vasto material que indica práticas ilícitas foi encontrado na residência de Leonardo (Foto: Divulgação/SSPDS)
Vasto material que indica práticas ilícitas foi encontrado na residência de Leonardo (Foto: Divulgação/SSPDS)

Em Sobral, pai e filho foram presos em flagrante pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE). De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Leonardo Oliveira Sousa, de 25 anos, é investigado por fornecer armas de fogo para grupos que praticam homicídios na região. Ação policial foi nessa sexta-feira, 31.

Ofensiva ocorreu após buscas conduzidas pelas delegacias municipais de Forquilha e Sobral, além da atuação do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) da Delegacia Regional de Sobral. Ainda conforme a SSPDS, homens foram encontrados no bairro sobralense Parque Silvana I.

Leonardo, conhecido por "Léo Carioca", estava com o pai, identificado como Francisco Raidon Lopes de Sousa, de 48 anos, no momento da abordagem policial. Ao perceber a presença das equipes policiais, Francisco Raidon gritou para o filho que a Polícia Civil estava na residência.

Em nota, a Polícia Civil explica que imediatamente após o pai alarmar o filho sobre a presença policial, as equipes entraram e encontraram "Léo Carioca" no andar superior do imóvel tentando se desvencilhar de entorpecentes.

No local, foi apreendido vasto material que indicava a prática ilícita: quase um quilo de maconha, dinheiro, celulares, balanças de precisão, cadernos com anotações, adesivos usados para rotular a droga e outros apetrechos para preparação dos ilícitos.

"As investigações da Polícia Civil apontavam ainda que a entrega de armas e drogas pelos suspeitos era realizada a bordo de um veículo Toyota Corolla. Um carro do mesmo modelo, que pertencente a Francisco Raidon, foi encontrado no local e também foi apreendido", diz a SSPDS. "Diante das evidências de flagrante delito, pai e filho foram encaminhados à Delegacia Regional de Sobral, unidade plantonista que atende à região".

Leonardo já foi autuado pelo menos 10 vezes por crimes de tentativa de homicídio, ameaça no contexto de violência doméstica, disparo de arma de fogo, posse irregular de arma de fogo, desacato e resistência. Raidon, por outro lado, responde por descaminho. Eles foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e serão indiciados pelo crime de associação para o tráfico de drogas no decorrer das apurações.

A Polícia Civil continua investigando a participação de Leonardo e Raidon em outros crimes.

Quem tiver informações que possam contribuir com as investigações pode ligar para o número (88) 3677 4291, da Delegacia Municipal de Sobral. A unidade policial também recebe denúncia pelo WhatsApp, no número (88) 99866 6960, seja via texto, áudio ou vídeo. O anonimato das fontes é garantido.