PUBLICIDADE
Notícias

Polícia prende quadrilha acusada de homicídios em Russas

Vários revólveres, além de pistolas e munições de diferentes calibres foram encontrados com o grupo. Um adolescente também foi apreendido

16:02 | 28/07/2014
A Polícia desarticulou uma quadrilha acusada de vários homicídios no município de Russas, 160,1 km de Fortaleza, durante o último fim de semana. Três homens e uma mulher foram capturadas e um adolescente ainda foi apreendido. Na ação, foram apreendidas várias armas de diferentes calibres, drogas e aparelhos celulares.

De acordo cm informações do soldado identificado apenas como Carlos, da Polícia Civil de Russas, a prisão ocorreu na manhã do último sábado, 26, por volta das 1h30min. Os acusados foram identificados como Gevânia da Silva Lima, 29 anos, que responde por homicídio culposo no trânsito, Estênio Paz da Silva Gomes, 29 anos, Francisco Alef Guedes de Lima, 20 anos, e Túlio César Nascimento, 26 anos, que já respondia na Justiça por tráfico de drogas.

O grupo foi encaminhado à Delegacia de Russas. A Polícia investiga outros envolvidos dos homicídios na cidade.

Apreensão
Com a quadrilha, foram apreendias um revólver calibre 38, com dois carregadores contendo cada um dez munições intacta ; uma pistola calibre 765, com carregador contendo uma munição intacta; uma pistola calibre 380, com dois carregadores contendo cada um dez munições ; uma pistola Bereta 765,calibre 6.35 ; um revólver calibre 38, com seis munições intactas); vinte munições calibre 9 mm; quatro cartelas de calibre 380 mm contendo dez munições cada, em um total de 40 cartuchos; uma caixa lacrada de calibre 9mm contendo 50 munições; onze munições de calibre 40mm intactas; quatro munições decalibre 38mm intactas e uma deflagrada; duas munições de calibre 12mm intactas; uma munição de Cal 7.65mm intacta; 492 gramas de cocaína; R$ 2.415,00, uma balança de precisão; uma espingarda de pressão; um Notebook; uma motocicleta HONDA/CB 300, de cor vermelha, sem placa de chassi no 9C2NC4310CR, motocicleta esta utilizada na morte do “Mano Diógenes”, um automóvel Celta cor cinza, de placa HKT8180; um reboque tipo paredão com dois alto falantes; além de aparelhos celulares.

Redação O POVO Online

TAGS