PUBLICIDADE
Notícias

Em quatro horas, duas pessoas são assassinadas em Russas

Outras três pessoas foram mortas no interior do Ceará durante a última terça-feira, 25, feriado da abolição da escravidão no Estado

07:44 | 26/03/2014
Dois homicídios foram registrados em Russas, 160,1 km de Fortaleza, nesta terça-feira, 25. Os crimes, ambos a bala, ocorreram em quatro horas, das 17h às 21 horas, segundo informações do Comando de Policiamento do Interior (CPI).

O primeiro crime foi registrado na área conhecida como Ramal de Flores, onde Antônio Cleudo da Silva, 24 anos, foi encontrado morto com duas perfurações de bala na cabeça, por volta das 17h10min. O corpo de Antônio, conhecido por populares como “Cleudim”, estava ao lado de sua motocicleta, o que descartaria a possibilidade de latrocínio, conforme a Polícia.

Por volta das 21horas, no Sítio Canto, um homem foi alvejado com tiros por dois homens em uma motocicleta, que fugiram após os disparos. Kleverson Araújo Lima, 22 anos, foi atingido com oito tiros, três na cabeça e cinco nas costas. Ele ainda foi encaminhado ao hospital regional de Russas, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no posto médico.

Balanço
Ao todo, o CPI registrou cinco homicídios no interior do Ceará durante o feriado da Abolição da Escravatura no Estado. Além dos homicídios em Russas, pessoas foram mortas em Juazeiro do Norte, Coreaú e Senador Pompeu. Também foram presas 36 pessoas e seis armas foram apreendidas pelo CPI Norte e CPI Sul, nesta terça.

Em Juazeiro do Norte, um jovem de 18 anos foi morto quando trafegava em sua motocicleta, na rua Rui Barbosa. Segundo um adolescente que estava na garupa com a vítima, identificada como José Ailton da Silva Júnior., dois homens em outra moto efetuaram o disparo.

Por volta das 18 horas de terça, Carlos Alberto Ferreira da Silva, 28 anos, foi encontrado morto com perfurações de bala na cabeça em Coreaú. A Polícia identificou o acusado, mas não revelou a identidade do mesmo para não atrapalhar as buscas.

Outra pessoa foi encontrada morta na última terça, desta vez em Senador Pompeu. Por volta das 23 horas, a Polícia encontrou o corpo de Francisca Alves Pereira, 26 anos, em um terreno baldio na localidade Alto do Cruzeiro. Segundo a Polícia, a vítima, morta a bala, era usuária de drogas e praticava furtos na região, conforme moradores do local.

Redação O POVO Online

TAGS