PUBLICIDADE
Notícias

Nota de esclarecimento

14:42 | 11/08/2014
“A família de Antônio Thiago Silva Barros, mais conhecido como “Thiago do Oião”, vem a público prestar os seguintes esclarecimentos acerca das informações inverídicas veiculadas na mídia, dando conta de que o mesmo responde por tráfico de drogas, possui um mandado de prisão em aberto por tentativa de homicídio no ano de 2012 e é acusado de cometer crimes de homicídio e estupro.

Que referidas acusações são infundadas, inverídicas, sem fundamentos e sem provas, fatos que serão provados com as conclusões dos procedimentos junto ao Poder Judiciário local;
Que Antônio Thiago nunca respondeu nesta Comarca de Quixeramobim ou em qualquer outra, processo por crime de tráfico de drogas;
Que não chefia nenhuma quadrilha ou bando ligado ao tráfico de drogas nesta cidade;
Ao contrário do que foi noticiado, Thiago não responde a nenhum crime de estupro, haja vista que não há inquérito e não há nenhuma ação nesse sentido;
Portanto, referidas acusações assacadas são injustas e totalmente desprovidas de provas;
Que na verdade Antonio Thiago Silva Barros, responde nesta Comarca os seguintes processos que estão submetidos à apreciação do Poder Judiciário:
Embriaguês ao volante (art. 306 do Código de Trânsito)
Resistência a Prisão (art. 329 do CPB)
Desacato (art. 331 do CPB)
Homicídio (art. 121 CPB)
Tentativa de Homicídio (art. 121 c/c art. 14 do CPB)

Assim, estamos certos de que houve um exagero nas acusações inverídicas formuladas contra a pessoa de Antonio Thiago Silva Barros, notadamente, quanto a acusação de estupro de duas adolescentes no ano de 2010, fato que não foi provado em hipótese alguma, quer pela Polícia, quer pelo Judiciário local.

Assina: Família de Antonio Thiago Silva Barros”

TAGS