PUBLICIDADE
Notícias

Funcionário de empresário morto em triplo homicídio é preso por porte ilegal de arma

O vigia de um posto de gasolina do distrito Várzea da Onça, em Quixadá, foi preso em flagrante, portando um rifle com 14 munições, na madrugada deste domingo

12:24 | 24/07/2016
NULL
NULL

O vigia de um posto de gasolina no distrito Várzea da Onça, no município de Quixadá, a 158km de Fortaleza, foi preso em flagrante por porte ilegal de arma. Ação realizada pelo Batalhão de Choque, comandada pelo major Cavalcante, aconteceu na madrugada deste domingo, 24. Segundo informações da Polícia Militar, o homem, identificado como Jasson Rabelo Pinheiro, 52, estava com um rifle, 14 munições e já possuía passagem pela polícia por homicídio e assalto.

 

O posto de gasolina pertencia ao empresário Veridiano Cabral, morto no trilho homicídio dessa terça-feira, 9. Até o momento, os agentes não souberam informar se o funcionário tem envolvimento com o assassinato do patrão; seu filho, identificado como Sadoque, e o advogado José Filho ao lado do Quartel do 9º Batalhão de Polícia Militar do município. O homem foi encaminhado para a Delegacia Regional de Quixadá, onde vai aguardar julgamento.

 

Redação O POVO Online

TAGS