PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Defesa Civil chega a Quiterianópolis para prestar auxílio à população afetada pelo arrombamento dos açudes

As equipes estão visitando famílias para levar medicamentos e realizar levantamento de quantos foram afetados pelo incidente

Ismia Kariny
13:47 | 17/03/2020
Corpo de Bombeiros faz resgate de pessoas isoladas em comunidades com acesso inviabilizado.
Corpo de Bombeiros faz resgate de pessoas isoladas em comunidades com acesso inviabilizado. (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Integrantes da Defesa Civil chegam a Quiterianópolis para prestar auxílio às comunidades que foram afetadas pelo rompimento da barragem de açudes na região. As fortes chuvas causaram enchentes e alagamentos no município, deixando pelo menos 100 pessoas desalojadas. Equipes da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) também se dirigiram a Tauá, para sobrevoar as comunidades de Santa Rita e socorrer possíveis vítimas.

De acordo com o secretário de Governo, Epaminondas Bezerra, as equipes estão visitando famílias para levar medicamentos e realizar levantamento de quantos foram afetados pelo incidente. Segundo ele, equipes da Ciopaer realizaram o resgate de um paciente com necessidade de hemodiálise, que estava em área com acesso inviabilizado por meios terrestres, devido às enchentes que inundaram a região. Uma pessoa que estava sendo levada pela correnteza também foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE).

Médicos, assistentes sociais e psicólogos acompanham as equipes de resgate da Defesa Civil, divididos em três grupos para atender as comunidades de Santa Rita, centro de Quiterianópolis e São Francisco. Segundo o Capitão Freitas Filho, essas regiões foram as mais afetadas, por estarem localizadas nas proximidades dos açudes atingidos: São Pedro Velho, Desterro, Santa Rita e Pontal. As famílias desabrigadas já estão sendo realocadas.

Clique na imagem para abrir a galeria