O POVO Online

Notícias

7ª chacina no Ceará, neste ano, deixa 4 mortos em Quiterianópolis

As vítimas seriam da mesma família, assim como na chacina que aconteceu nesta sexta, em Palmácia

12:27 | 14/07/2018

Atualizada às 13h50min

Quatro pessoas foram mortas em Quiterianópolis, na manhã deste sábado, 14, no que se configura como a sétima chacina no estado do Ceará, só neste ano. Uma das vítimas chegou a ser socorrida a unidade hospitalar da região mas não resistiu aos ferimentos.

 

[SAIBAMAIS] 

Segundo nota da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, homens armados invadiram a residência das vítimas efetuando os disparos com armas de fogo. Morreram os irmãos gêmeos José Jocey Gonçalves Cavalcante, de 25 anos, e José Josailton Gonçalves Cavalcante, 25, além do tio deles, Cícero Gonçalves do Nascimento, de 53 anos, e da mãe, Joana de Deus Gonçalves, de 48 anos. 

 

O órgão diz que os quatro foram abordados pelos criminosos enquanto alimentavam  animais no curral da residência em que moravam. Na sequência, foram levados para estrada próxima, onde foram alvejados. Todos os homens tiveram morte confirmada no lugar. Joana foi levada a uma unidade de saúde em Crateús, mas não resistiu aos ferimentos.  

 

A SSPDS comunica ainda que a investigação das polícias Militar e Civil já localizou o carro utilizado pelos criminosos na ação. É um veículo modelo Ford Ecosport prata. O automóvel foi encontrado em uma propriedade rural, no município de Novo Oriente (AIS 16). 

 

 

Só em 2018, esta é a sétima chacina a ocorrer no Ceará, deixando 47 pessoas mortas no total. A mais recente aconteceu nesta sexta-feira, 13, na localidade de Cafundó, zona rural da Palmácia, onde a Polícia encontrou o corpo de cinco homens mortos a tiros e facadas.

 

Denúncia

 

Com a operação em Quiterianópolis ainda em andamento, a Polícia Civil informa que recebe denúncias anônimas que possam contribuir na apuração do crime. O contato pode ser feito através do números 181, o Disque Denúncia da SSPDS ou (88) 3437-1888, da Delegacia de Polícia de Quiterianópolis.

Redação O POVO Online

TAGS
PUBLICIDADE
Notícias

7ª chacina no Cear">Política de Privacidade
  • Últimas Notícias
  • Widgets
  • IR PARA A VERSÃO DESKTOP

    As vítimas seriam da mesma família, assim como na chacina que aconteceu nesta sexta, em Palmácia

    12:27 | 14/07/2018

    Atualizada às 13h50min

    Quatro pessoas foram mortas em Quiterianópolis, na manhã deste sábado, 14, no que se configura como a sétima chacina no estado do Ceará, só neste ano. Uma das vítimas chegou a ser socorrida a unidade hospitalar da região mas não resistiu aos ferimentos.

     

    [SAIBAMAIS] 

    Segundo nota da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, homens armados invadiram a residência das vítimas efetuando os disparos com armas de fogo. Morreram os irmãos gêmeos José Jocey Gonçalves Cavalcante, de 25 anos, e José Josailton Gonçalves Cavalcante, 25, além do tio deles, Cícero Gonçalves do Nascimento, de 53 anos, e da mãe, Joana de Deus Gonçalves, de 48 anos. 

     

    O órgão diz que os quatro foram abordados pelos criminosos enquanto alimentavam  animais no curral da residência em que moravam. Na sequência, foram levados para estrada próxima, onde foram alvejados. Todos os homens tiveram morte confirmada no lugar. Joana foi levada a uma unidade de saúde em Crateús, mas não resistiu aos ferimentos.  

     

    A SSPDS comunica ainda que a investigação das polícias Militar e Civil já localizou o carro utilizado pelos criminosos na ação. É um veículo modelo Ford Ecosport prata. O automóvel foi encontrado em uma propriedade rural, no município de Novo Oriente (AIS 16). 

     

     

    Só em 2018, esta é a sétima chacina a ocorrer no Ceará, deixando 47 pessoas mortas no total. A mais recente aconteceu nesta sexta-feira, 13, na localidade de Cafundó, zona rural da Palmácia, onde a Polícia encontrou o corpo de cinco homens mortos a tiros e facadas.

     

    Denúncia

     

    Com a operação em Quiterianópolis ainda em andamento, a Polícia Civil informa que recebe denúncias anônimas que possam contribuir na apuração do crime. O contato pode ser feito através do números 181, o Disque Denúncia da SSPDS ou (88) 3437-1888, da Delegacia de Polícia de Quiterianópolis.

    Redação O POVO Online

    TAGS