PUBLICIDADE
Notícias

Pindoretama registra maior chuva do Ceará

Fortaleza está entre as dez maiores chuvas do Estado, com 72,6 milímetros. Os dados são da Funceme

09:04 | 25/01/2016
NULL
NULL

Com 97 milímetros de precipitação, o município de Pindoretama registrou a maior chuva do Ceará. Os dados são da Fundação Cearense de Metereologia e Recursos Hídricos (Funceme), relativos ao período de 7h de domingo, 24, até 7h desta segunda-feira, 25. Fortaleza está entre as dez maiores chuvas, com 78,8 milímetros, no posto Pici. Houve chuva em 126 municípios.

Tauá registrou um acúmulo pluviométrico de 89 milímetros, ocupando o posto de segunda maior chuva do Estado. A precipitação no município favoreceu ao sangramento do açude Trici, que abastece a região. Neste domingo, milhares de pessoas compareceram ao manancial para presenciar a sangria, situação que não ocorria há cerca de seis anos.
[SAIBAMAIS2]
A terceira maior precipitação ficou por conta de Mombaça, com 88,2 milímetros; o município foi seguido por Icapuí (85,7 mm), Graça (75 mm) e São Gonçalo do Amarante (73 mm).

Completam a lista Pacatuba (72,4 mm), Arneiroz (71 mm) e Ocara (68 mm).

Funceme

Apesar das chuvas recentes, a previsão da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) é que o Estado possui 65% de chances de ter a quadra chuvosa abaixo da média histórica em 2016, entrando no quinto ano de seca. O órgão explica que, neste mês, as condições atmosféricas facilitaram a ocorrência de Vórtices Ciclônicos de Altos Níveis (VCAN), fenômeno típico da pré-estação chuvosa, e trouxeram chuvas para o Ceará.

A Funceme aponta que essas características podem vir a persistir até meados de fevereiro, notadamente, na sua primeira quinzena, podendo ocasionar outros eventos de precipitação. Segundo a Fundação, um padrão de anomalias positivas de Temperatura da Superfície do Mar (TSM) indica condição de El Niño de forte intensidade no trimestre de fevereiro a abril de 2016.

 

Redação O POVO Online

TAGS