PUBLICIDADE
Notícias

Criança de um ano e seis meses morre afogada em açude de Orós

As testemunhas contaram à PM que o menino estava em uma balsa chorando muito. Quando choro cessou, populares desconfiaram que ele houvesse caído

07:42 | 09/05/2016
Uma criança de um ano e seis meses morreu afogada após cair de uma balsa, na tarde do último domingo, 9, no açude de Orós, a 352 km de Fortaleza. Aurismar Filho Freire Inácio, natural de Icó, ainda foi levado ao hospital municipal da cidade, mas já estava sem vida.

Segundo informações da Polícia Militar de Iguatu, o afogamento foi registrado às 13h50min, quando populares e guarda-vidas começaram a fazer buscas no açude. As testemunhas contaram à PM que o menino estava na “Balsa do Jojó”, chorando muito.

Quando o choro da criança não foi mais ouvido, as pessoas perceberam que ela não estava mais na balsa e viram que uma porta da embarcação estava aberta. Eles iniciaram as buscas, e o corpo da criança foi localizado após cerca de de meia hora.

Os familiares do menino, além do dono da balsa, Jodson Dias de Moura, foram levados à delegacia de Icó, que é plantonista. Jodson foi autuado por homicídio culposo e omissão de cautela, com base nos artigos 121 e 13 do Código Penal Brasileiro.

No domingo, um homem não identificado morreu afogado no açude do DNOCS, em Itapebussu, segundos dados do Corpo de Bombeiros. Não houve registro de outros afogamento no estado.

Redação O POVO Online
TAGS