PUBLICIDADE
Notícias

Agência bancária é explodida em Monsenhor Tabosa

Informações da PM do Município dão conta de que os criminosos levaram apenas R$ 600 na ação. Ninguém foi preso

07:50 | 02/06/2016
NULL
NULL

Atualizado as 8h35min

Uma agência do Banco do Brasil de Monsenhor Tabosa, no Sertão Central, foi explodida com dinamite por um grupo criminoso composto por pelo menos quatro pessoas, por volta da 0h30min desta quinta-feira, 2. Segundo informações do Destacamento da Polícia Militar (PM) do Município, o banco não havia sido abastecido e os criminosos levaram cerca de R$ 600. Já o tenente-coronel Lyndon Johnson, comandante do 4º Batalhão da PM, afirma que os criminosos não levaram "nem um centavo".

 

A PM informa que os criminosos portavam armas longas, mas não chegaram a disparar contra o destacamento. Eles teriam fugido em uma caminhonete modelo Hilux, de cor branca, em direção à cidade de Santa Quitéria. Até o momento, nenhum suspeito foi preso. As buscas contam com reforços de policiais de cidades vizinhas e do Comando Tático Motorizado (Cotam).

Levantamento do O POVO Online, baseado em dados do Sindicato dos Bancários, apontam que este foi o 21º ataque contra instituições bancárias neste ano no Estado. A última ação havia sido registrada em Itaitinga, onde um caixa eletrônico foi violado. Os criminosos, porém, não levaram nenhuma quantia, já que a máquina estava desabastecida, contou uma inspetora da Polícia Civil.

Os dados do Sindicato dos Bancários ainda sustentam que este foi o sexto ataque contra bancos de Monsenhor Tabosa desde 2010. A última ação, em agosto de 2013, também teve como alvo a agência do Banco do Brasil explodido nesta quinta-feira. Naquela ocasião, o grupo de cerca de 15 pessoas também atacou a agência do Bradesco do Município. Segundo o tenente-coronel Lyndon Johnson, a cidade é alvo constante desse tipo de ação devido ao "difícil acesso", visto como um atrativo pelos criminosos.


Redação O POVO Online
TAGS