PUBLICIDADE
Notícias

Veículo com grafia incorreta na placa é apreendido pela PRF

Registrado como JDZ-3647, de CANIDÉ-CE, o veículo foi encaminhado à Delegacia Regional de Itapipoca. O condutor de 20 anos, em depoimento, afirmou não saber da adulteração. Ele vai responder em liberdade pelo crime de receptação

11:52 | 17/07/2016
NULL
NULL

A ausência de uma letra fez com que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendesse um veículo na tarde deste sábado, 16. O Fiat Uno de cor cinza, modelo 1993/94, foi parado por policiais nas proximidades do triângulo de Marco, município a cerca de 200 km de Fortaleza, que, durante a inspeção, perceberam a falta da letra "N" na placa JDZ-3647, "CANIDÉ-CE". 

Após o levantamento de informações e constatado que havia, desde julho de 2013, um carro com características semelhantes, ano 1998/99 e placa HVV-3747 (Forquilha-CE), com restrição de furto ocorrido em Sobral, o condutor e o modelo automotivo foram levados à Delegacia Regional de Itapipoca.

De acordo com o delegado plantonista Raul Tessius, em depoimento, o homem de 20 anos, natural de Tururu – município cearense que fica a aproximadamente 100 km de onde foi registrada a ocorrência, disse não saber da alteração. Liberado, ele vai responder pelo crime de receptação, previsto no artigo 180 do Código Penal (CP), parágrafo terceiro, em liberdade. Ainda segundo Raul, o inquérito para a apuração do crime de adulteração de veículo automotor (artigo 311 também do código) foi aberto e está sob a responsabilidade da delegacia de Itapipoca.

"O crime de receptação culposa é caracterizado como de menor potencial ofensivo. Por isso, há a liberação para que seja respondido em liberdade. Nem sempre, o condutor é o infrator. É muito comum esse tipo de situação no interior do Estado. Muitas vezes, a pessoa compra e nem imagina que o veículo é adulterado", explica Tessius.

Confira vídeo do policial federal mostrando a placa:

[VIDEO1] 

TAGS