PUBLICIDADE
Ceará
10 dias de violência

Ataques criminosos a ambulância do Samu, micro-ônibus e caminhões são registrados nesta sexta

Os casos foram registrados na cidade de Maranguape e em dois bairros da Capital

21:44 | 11/01/2019

Fotos: Alex Gomes/ Especial para O POVO

Ataques contra ambulância, micro-ônibus, carro e sucata foram registrados nesta sexta-feira, 11, em Maranguape e Fortaleza. Os casos são referentes a um carro de empresa de telefonia, uma ambulância do Serviço Movel de Atendimento de Urgência (Samu), um micro-ônibus, além de dois caminhões em uma sucata no bairro Autran Nunes.

De acordo com a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), na madrugada de quinta para sexta-feira, 11, houve um ataque a uma ambulância do Samu. O veículo estava estacionado em Maranguape. O fogo foi controlado e não há feridos. A ambulância, conforme a Sesa, estará funcionando neste sábado. 

O POVO Online esteve na rua Godofredo de Oliveira, onde fica o final da linha do Conjunto Itaperi. Dois indivíduos a pé atearam fogo em um micro-ônibus, que teve as chamas apagadas pelo próprio motorista. A Polícia Militar esteve no local e acompanhava o trabalho do reboque.


Profissionais comentavam que o reboque só pode ser feito com a escolta da Polícia. Na última terça-feira, 8, no Parque Itamaraty, os trabalhadores do reboque foram surpreendidos ao tentarem recolher um ônibus incendiado.

Criminosos avisaram que os trabalhadores não poderiam retirar os veículos e foi necessário que a Polícia fosse até o local e fizesse a escolta de um coletivo. Para um funcionário, que pediu para não ser identificado, a situação fez com que ele redobrasse o trabalho. "Só eu já atendi uns 15", diz em relação ao número de ônibus queimados que retirou nos últimos dias. 

 


Ainda no local, um policial informou que o ataque da rua Godofredo de Oliveira era o segundo do Mondubim naquela tarde. Mais cedo um veículo de empresa de telefonia foi atacado por criminosos no mesmo bairro. Patrulhas faziam intensificação de abordagens nas proximidades. 

No fim da tarde, a informação que um caminhão estava em chamas também deslocou a equipe de reportagem. A ação acontecia na sucata e teria danificado dois caminhões. 

O POVO Online apurou que três homens entraram pelos fundos da rua Hipolito Pamplona e atearam fogo em caminhões. Os fundos da sucata dão acesso à lagoa e a uma ponte, onde foi o caminho utilizado pelos criminosos. O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar foram acionados. Depois que atearam fogo, os criminosos fugiram.

Cras

Um Centro de Assistência Social (Cras) foi incendiado pela segunda vez, na madrugada desta sexta-feira, 11. O local foi incendiado na madrugada anterior, quinta-feira, 10, no entanto o fogo foi controlado por agentes de segurança.

JéSSIKA SISNANDO