PUBLICIDADE
Ceará
Nesta manhã

Perícia encontra 94 cápsulas de pistolas e revólveres no local da chacina em Maranguape

As munições teriam sido utilizadas contra as quatro vítimas da chacina

17:30 | 08/01/2018

FOTO: Jéssika Sisnando
Profissionais da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) encontraram 94 cápsulas de de calibres 38 (revólver), .40 (pistola) e 380 (pistola) no local da chacina que vitimou quatro pessoas, na serra localizada em Maranguape. O crime aconteceu nesse domingo, 7, mas os corpos foram encontrados somente nesta segunda, no começo da manhã. Essa foi a primeira chacina do ano de 2018. 


As munições encontradas teriam sido utilizadas contra as vítimas, que estavam na casa quando foram surpreendidas pelo grupo armado. Testemunhas informaram à Polícia que os criminosos foram vistos descendo da serra a pé, com as armas nas mãos e comemorando as mortes.


O delegado Edmo Leite, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), classificou o crime como disputa entre facções criminosas.

Acompanhe os casos de chacinas de grande repercussão em 2017 

12.06.2017
Em Horizonte (Região Metropolitana de Fortaleza), cinco pessoas foram mortas em uma chacina, sendo duas mulheres, dois homens e um menino de três anos, filho de uma das vítimas. Todos estavam em um bar comemorando um aniversário, quando um grupo em um Corolla abriu fogo contra as pessoas.

13.11.2017

Quatro adolescentes foram retirados do Centro de Semiliberdade Mártir Francisca, na Sapiranga, e em seguida executados. O centro socioeducativo foi invadido por um grupo armado.
 

19.07.2017
Quatro pessoas foram executadas em Paraipaba. Antes de serem mortas, as vítimas foram obrigadas a deitar no chão. Uma quinta pessoa que passava pelo local foi atingida, mas sobreviveu.

03.06.2017

Seis pessoas foram executadas em uma casa de veraneio do Porto das Dunas. Quatro homens encapuzados invadiram a residência e efetuaram disparos contra quem estivesse no local.

25.05.2017
Em Fortaleza, um grupo foi atacado no bairro Dias Macedo. Três pessoas foram mortas e outras três saíram feridas.

30.03.2017

Um grupo armado efetuou disparos aleatoriamente contra pessoas que estavam em uma praça na Rua Rincão, no Padre Andrade. Três pessoas mortas e três feridas na ação.

JéSSIKA SISNANDO