PUBLICIDADE
Notícias

Familiares e amigos realizam caminhada da Paz após morte de estudante

Kerliane, ao ser usada como escudo pelo alvo dos criminosos, foi atingida e não resistiu aos ferimentos

17:04 | 22/01/2016
NULL
NULL
Familiares e amigos da estudante, Kerliane Alves dos Santos, de 17 anos, morta por bala perdida no Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), na última terça-feira, 19, realizarão uma caminhada pela Paz no bairro no próximo domingo, 31. A concentração será na estátua de Padre Cícero no Jereissati  II, às 15 horas.
 
De acordo com o inspetor, Ronei Castelo, a adolescente foi baleada quando estava reunida com um grupo de estudantes. Dois homens chegaram ao local em uma motocicleta para matar um jovem apenas identificado como “Berim”. Em meio à situação, o rapaz usou Karliane como escudo. Os suspeitos - mesmo com a presença da garota - efetuaram os disparos.

Karliane foi ferida, chegou a ser socorrida e foi encaminhada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Berim foi atingido, mas conseguiu escapar do local. Os suspeitos fugiram após o crime.

Ainda segundo o inspetor, a família recebeu, por meio da rede social Facebook, um áudio dos suspeitos de cometerem o crime que dizia: “Ela estava no local errado, no momento errado”.

O POVO Online procurou familiares da vítima, mas nenhum deles quis se manifestar.

A Polícia aguarda o inquérito e prefere não repassar mais informações para não atrapalhar as investigações.
TAGS