Tribunal reduz a pena de três condenados pelo assassinato do radialista Nicanor Linhares
PUBLICIDADE
Notícias


Tribunal reduz a pena de três condenados pelo assassinato do radialista Nicanor Linhares

Foram negados, contudo, pedidos para anulação do julgamento do Tribunal do Júri

17:21 | 11/12/2018
NULL
NULL
Atualizada às 17h40min
 
Três dos condenados pelo assassinato do radialista Nicanor Linhares tiveram pena reduzidas nesta terça-feira, 11, por decisão da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE).
 
 
A pena de José Vanderley dos Santos Nogueira passou de 26 anos para 23 anos e quatro meses. Cássio Santana de Sousa teve condenação reduzida de 23 anos e seis meses para 23 anos. E Francisco Lindenor teve redução de 26 anos e seis meses para 16 anos, por terem sido considerados prescritos os crimes de roubo e associação criminosa, por ele ser menor de 21 anos na época.
 
Todavia, o desembargador Francisco Carneiro Lima, relator do caso, negou os pedidos para anulação do julgamento do Tribunal do Júri.
 
[FOTO1]Também foi julgada a apelação de Francisco José de Oliveira Maia e Otávio Viana de Lima, mas as condenações foram mantidas. Francisco José foi condenado a oito anos e quatro meses de prisão e Otávio Viana, a três anos.
 
Os condenados alegavam nos recursos que a sentença não estava de acordo com as provas. 
 
O crime 
 
Nicanor Linhares foi executado em 30 de junho de 2003. O motivo seriam críticas políticas feitas pelo radialista. Ele foi morto no estúdio da rádio Vale do Jaguaribe. Conforme a denúncia do Ministério Público, dois homens usando capacetes invadiram o local e dispararam dez tiros contra ele. Francisco Lindenor e José Vanderlei seriam os autores dos disparos. Segundo o Ministério Público, eles fugiram em moto roubada. 

Com informações do TJCE
TAGS