PUBLICIDADE
Notícias

Policial militar acusado de atropelar e matar menina de 11 anos é demitido

Acidente ocorreu em Juazeiro do Norte, no ano passado. Acusação é de que agente fugiu do local sem prestar socorro. Defesa argumenta que foi fatalidade

16:30 | 23/11/2016

O soldado Leonardo Lima Tavares, do 2º Batalhão da Polícia Militar (PM), de Juazeiro do Norte, foi demitido da corporação pela Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário do do Ceará (CDG).

 

O agente é acusado de atropelar e negar socorro a Talitha Pietra Oliveira Garcia, 11. Ela faleceu no local do acidente. A decisão do órgão foi publicada no Diário Oficial do Estado terça-feira, 22.

De acordo com as investigações, o crime ocorreu no dia 18 de outubro do ano passado, por volta das 7h45min. O agente de segurança conduzia veículo particular na avenida Padre Cícero.

 

Naquela manhã, Talitha seguia com amiga à Capela de São José, onde iriam participar de confraternização do Dia das Crianças. A decisão da CGD aponta que o militar fugiu do local do crime sem prestar socorro à vítima. Ele foi autuado em flagrante logo depois.

A defesa alega que o envolvimento do policial foi fatalidade. “Jamais podendo ser interpretado como falta ou transgressão de natureza disciplinar”, aponta. Defende ainda que o acusado atropelou a vítima sem intenção.

 

O soldado argumenta que voltou ao local do acidente, mas não prestou socorro devido a aglomeração de pessoas revoltadas no local.

 

Redação O POVO Online

TAGS