PUBLICIDADE
Notícias

Morre o coronel Hervano Macedo, ex-comandante adjunto geral da PM

O militar lutava contra um câncer no pâncreas, que havia provocado a saída dele do cargo na PM

09:47 | 29/01/2016
É velado na manhã desta sexta-feira, 29, o corpo do coronel da Polícia Militar (PM) Hervano Macedo Júnior, de 51 anos. O ex-comandante adjunto geral da PM morreu na noite desta quinta-feira, 28, em sua casa, em Juazeiro do Norte (Cariri cearense). Às 17h desta sexta-feira, é realizado o enterro. Ele lutava contra um câncer no pâncreas, descoberto há cerca de cinco meses, informa o tenente-coronel Andrade Mendonça, relações públicas da PM.

Hervano Macedo estava há 33 anos na corporação. Ele havia assumido o cargo de comandante adjunto geral da PM no início da administração Camilo Santa, em janeiro de 2015. O coronel abdicou da cargo, em decorrência dos problemas de saúde, em novembro de 2015.

A PM divulgou uma nota de pesar pela morte do coronel:

É com extremo pesar que o Comando da Polícia Militar do Ceará recebe a notícia do falecimento do Coronel PM Hervano Macêdo Junior, ocorrido nesta data, na cidade de Juazeiro do Norte-CE
A perda do Coronel Macêdo, além de representar uma dor imensa aos familiares e amigos, é abalo sentido por todos que fazem a PMCE.
O oficial contribuiu ao longo de seus 33 anos de serviços prestados à Sociedade Alencarina com dedicação, abnegação, profissionalismo, honestidade e, sobretudo, comprometido com a preservação da Segurança Pública.
À família enlutada, apresentamos nossos sentimentos da solidariedade e respeito pela imensa dor que, com certeza, invade a alma e dilacera nossos corações.
GEOVANI PINHEIRO DA SILVA
CEL CMT GERAL DA PMCE


Redação O POVO Online
TAGS