PUBLICIDADE
Notícias

Itatira realiza I Parada Gay do município

Organizadores esperam mais de 5 mil pessoas na festa contra o preconceito LGTB em Lagoa do Mato

13:16 | 20/06/2014

O distrito de Lagoa do Mato realiza nesta sábado, 21, a I Parada Gay da região de Itatira, que fica a 176km de Fortaleza. Organizadores esperam que mais de 5 mil pessoas compareçam na praça matriz do distrito, onde a festa será realizada.

A I Parada Gay na região marca a luta contra o preconceito e a perseguição aos homossexuais. O evento terá a participação de autoridades e ativistas dos direitos LGBT. A animação ficará por conta de DJs, e um telão no centro do palco exibirá mensagens de líderes internacionais sobre o fim do preconceito.

Segundo Romario Andrade, um dos organizadores do evento, o objetivo da festa é sensibilizar a população sobre a existência do ódio com o público LGBT: “A sociedade itatirense esta mostrando com este evento que se sente incomodada com as injustiças praticadas contra os gays”.

Kyara Nanachara Medeiros, 26, conta que já foi apedrejada, expulsa da praça da cidade, e sofreu humilhações e agressões físicas por causa da orientação sexual: “Muitos moradores zombavam de mim, gritavam insultos e atiravam pedras. Mas graças às campanhas de conscientização, o preconceito diminuiu.”.

Para a organização do evento, preconceito e discriminação estão por trás da violência e perseguição sofrida pelos gays no município de Itatira. O movimento acredita que a festa leva a uma discussão sobre a necessidade de campanhas locais contra o preconceito.

O evento é promovido pelo movimento gay Lagoa Show e tem o apoio da Prefeitura de Itatira e de empresas locais.

Mudando Pensamentos

Diante da grande quantidade de incidentes motivados por preconceito, a Escola Estadual Nazaré Guerra, em Itatira, implantou um projeto onde os estudantes têm a oportunidade de entender a sexualidade e debater o assunto. Os estudantes participam de oficinas, dinâmicas de grupos, concurso de redações e debatem o processo histórico da sexualidade, diversidade sexual e identidade de gênero. Com livros, revistas, cartazes, documentários e reportagens sobre o tema, o projeto conseguiu diminuir 30% dos ataques a gays dentro da escola.

A iniciativa da instituição recebeu elogios da coordenadora de educação da Unesco, Maria Receba Otero: “É louvável a iniciativa dessa escola no interior do Ceará. Outras redes de ensino devem elaborar estratégias para implantar ações voltadas para diversidade sexual.”

SERVIÇO

I Parada Gay de Itatira

QUANDO: Sábado (21), a partir das 20h.

ONDE: Praça Matriz de Lagoa do Mato

Redação O POVO Online

TAGS