PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Moradores relatam pânico durante execução de vereador em frente à Câmara de Itaitinga

22:44 | 31/08/2018

Os moradores de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), ainda estavam sem acreditar na execução do vereador e presidente da Câmara Municipal do município, João Roberto de Oliveira Martins (PRTB), de 52 anos, nesta sexta-feira, 31. Crime ocorreu na rua João Ferrera Viana com avenida Coronel Virgílio Távora, no Centro de Itaitinga.

Moradora do entorno da Câmara Municipal, que preferiu ter a identidade preservada, disse que no momento dos disparos se escondeu dentro do banhero. A mulher relata ter ouvido uma grande quantidade de disparos. "Não parecia que estavam matando só uma pessoa. Era muito tiro", relata.

A moradora relata que não tinha conhecimento de um caso de tanta violência na cidade há pelo menos 10 anos. Ela diz que não conhecia o vereador, mas sabia que ele estava na política há bastante tempo. Já um comerciante, que optou por não se identificar, também morador da área, relata que João era uma boa pessoa e que ajudava a todos. Ele cita um dia em que o parlamentar reuniu várias pessoas e as levou, de ônibus, para Lavras da Mangabeira. "Ele foi muito bom, nos ofereceu um almoço", explica.

Outro morador ligado à Câmara Municipal relata que o parlamentar era uma pessoa querida na cidade e que tratava todos na Câmara com muito respeito. Ele não soube explicar se a vítima havia sido ameaçada anteriormente. "Ele nunca reclamou de nada", disse.

A Câmara fica ao lado de uma agência bancária, que estava lotada quando começaram os tiros. Uma das clientes tentava atravessar a rua quando começaram os disparos. A vítima diz que correu para uma farmácia e ficou tão nervosa que precisou ser medicada com calmantes. Não foi vista a presença de parlamentares.

Conforme o relato de uma testemunha, depois dos tiros todos saíram às pressas da Câmara. Até um vendedor de coco abandonou o carrinho, correu e não voltou mais. Conforme um policial civil, o medo do atentado fez com que as pessoas fossem embora rapidamente. No chão, ainda existiam resquícios do crime que havia acontecido. Um zelador se preparava para fazer a limpeza. Uma testemunha comentou: "Olha, foi triste a mulher dele toda suja com o sangue dele. Fui buscar uma toalha. Olha ali as pegadas dela", aponta para os rastros vermelhos.

Carro da vítima foi períciado durante horas; veículo utilizado por criminosos foi identificado

A Hilux utilizada pelo vereador na chegada à Câmara, por volta de meio dia, foi periciada durante horas. Na porta do lado do motorista, as marcas de tiros perfuraram o vidro. O perito colheu vestígios no local e utilizou produtos químicos durante o procedimento. O carro foi analisado durante aproximadamente duas horas. A ação foi acompanhada pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e pela Polícia Civil de Itaitinga.

Segundo o diretor do Departamento de Polícia Metropolitana, delegado Jocel Dantas, informou que o fato está sendo investigado. "O que podemos confirmar é que houve o óbito e o delegado de Itaitinga, Carlos Cleber, está em campo tentando identificar os indivíduos", disse Dantas. O crime contra o parlamentar foi flagrado por câmeras de segurança.

[VIDEO1]

Conforme o delegado, a placa do carro utilizada pelos criminosos foi identificada e a Polícia Civil fez a checagem. De acordo com a SSPDS, o veículo usado foi um Palio Adventure, de cor preta. Conforme uma testemunha, o carro vinha seguindo o automóvel da vítima. Nas imagens das câmera é possível ver que três criminosos saem do carro e atiram.

 

O mais votado nas eleições

 

Segundo o TRE, o vereador natural de Mauriti foi o mais votado em Itaitinga. Durante as últimas eleições (2016), ele foi eleito com 1.025 votos. O segundo colocado teve 813. 

TAGS